Paulo Speller se reuniu com lideranças estudantis para falar sobre sucessão na reitoria

Reitor e estudantes

A convite das lideranças estudantis da Unilab, o reitor Paulo Speller participou nesta quinta-feira (21) de uma reunião com alguns representantes do corpo discente para falar sobre o processo de sucessão na reitoria da universidade. Paulo Speller vai deixar o cargo para assumir a Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação a convite do ministro Aloizio Mercadante. A vice-reitora, Maria Elias Soares, também vai deixar o cargo. Até a indicação dos novos dirigentes pelo ministro, Paulo Speller e Maria Elias Soares continuam exercendo normalmente suas funções administrativas e acadêmicas na Unilab. A pró-reitora de Graduação, Jacqueline Freire, e o coordenador de Assuntos Estudantis, José Veríssimo, também participaram da reunião.

Joana Darc Feitosa, representante dos discentes no Consup

Joana Darc Feitosa, representante dos discentes no Consup

Os estudantes apresentaram ao reitor seus questionamentos e dúvidas a respeito do processo de sucessão e aproveitaram a oportunidade para agradecer o empenho dedicado por Paulo Speller durante a gestão na universidade, que começou ainda em 2008, na comissão de implantação da Unilab. “Estamos felizes pelo novo desafio que o senhor vai assumir e ao mesmo tempo tristes pela sua saída. Mas acreditamos que, mesmo a distância, o senhor vai continuar conosco, lutando pelo fortalecimento deste projeto”, disse Joana Darc Feitosa, representante dos discentes no Conselho Superior.

Paulo Speller, reitor

Paulo Speller, reitor

O reitor Paulo Speller agradeceu aos estudantes e reafirmou o compromisso com o engradecimento da instituição. “Do MEC, estarei sempre presente nos momentos mais importantes da Unilab”, disse. Ele também destacou a importância do envolvimento do corpo discente nas atividades e decisões da instituição. “Vocês deve continuar participando ativamente da gestão, sinalizando as dificuldades, para que os dirigentes possam tomar as melhores providências”, completou o reitor.

Paulo Speller reafirmou a importância do diálogo franco e construtivo entre direção e estudantes. “Se nós conseguirmos manter esse nível de diálogo que temos hoje,  vai ser mais fácil vencer os grandes desafios que ainda temos pela frente”, finalizou Speller.

Comentários encerrados.