Unilab e Universidade do Minho celebram termo de cooperação

Universidade do Minho, Portugal

Universidade do Minho, Portugal

O reitor Paulo Speller assinou na tarde desta quinta-feira (21) o termo de convênio entre a Unilab e a Universidade do Minho. A pró-reitora de Graduação, Jacqueline Freire, e o procurado federal junto à Unilab, Silton Bezerra, também assinaram o documento na condição de testemunhas do acordo. O documento já estava assinado pelo reitor da universidade portuguesa, António M. Cunha. Trata-se de um convênio que inclui, sob consentimento mútuo e existência de condições apropriadas, programas oferecidos e propostos por qualquer das partes como desejável, executável, e que venha a contribuir para o fomento e o desenvolvimento de relações de cooperação entre as duas partes convenentes.

Reitor Paulo Speller assina convênio entre Unilab e Universidade do Minho

Reitor Paulo Speller assina convênio entre Unilab e Universidade do Minho

O termo prevê ações em diferentes áreas, como: intercâmbio de professores, técnico-administrativos e estudantes; elaboração de atividades conjuntas de ensino e pesquisa; participação em seminários e encontros acadêmicos; participação em programas acadêmicos especiais de curta duração; desenvolvimento de atividades de intercâmbio cultural; realização de treinamento, nos níveis de graduação e pós-graduação, nos cursos oferecidos por ambas as instituições; criação de oportunidades para o desenvolvimento do quatro acadêmico-funcional de ambas as partes, através da utilização de licenças sabáticas e outros programas de aprimoramento de pessoa; prestação de consultorias; e outras atividades julgadas mutuamente necessárias.

Paulo Speller, reitor da Unilab

Paulo Speller, reitor da Unilab

Paulo Speller destacou a importância do convênio para o fortalecimento institucional e acadêmico da Unilab. “Além da Universidade do Minho, já assinamos acordos de cooperação com outras cinco instituições de ensino superior de Portugal (Universidade de Lisboa, Universidade de Évora, Universidade de Coimbra, Universidade de Aveito, ISCTE). Esses convênios criam novas oportunidades para as instituições e ampliam nossa atuação. Através deles, podemos, por exemplo, aumentar o número de estudantes no Programa de Licenciaturas Internacionais (PLI/Capes)”, disse o reitor. Atualmente, sete alunos brasileiros da Unilab são beneficiados pelo programa da Capes na Universidade de Coimbra. A oferta de bolsas será ampliada através do convênio com a Universidade de Lisboa.

O reitor lembrou ainda que a Unilab também mantém convênio com praticamente toda as instituições públicas de ensino superior da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa).

Para conhecer, em detalhes, os acordos que a Unilab mantém com instituições brasileiras e estrangeiras, acesse a área referente a Convênios na página da Pró-Reitoria de Relações Institucionais (Proinst).

Comentários encerrados.