Unilab é contemplada em dois projetos do Programa Pró-Mobilidade Internacional da Capes

destaque-capes

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou, no último dia 20, a relação dos projetos aprovados para o Programa Pró-Mobilidade Internacional. O programa incentiva a mobilidade de professores e estudantes entre os países e instituições membros da Associação de Universidades de Língua Portuguesa (AULP). A Unilab foi aprovada com dois projetos como Instituição de Ensino Superior (IES) associada.

Um dos projetos aprovados “Populações tradicionais e segurança alimentar no Brasil e em Cabo Verde: formação de uma rede de observatórios de políticas públicas” tem como membros da equipe os docentes do Instituto de Desenvolvimento Rural da Unilab. Este projeto visa promover a cooperação entre universidades do Brasil e de Cabo Verde a partir de atividades de pesquisa, ensino e criação de ferramentas de monitoramento que correlacionam às problemáticas das populações tradicionais e desenvolvimento sustentável nos dois países. O projeto possui cinco objetivos específicos:

– Formar uma rede de Observatórios Socioambientais em segurança alimentar e nutricional e de Políticas de Desenvolvimento entre Brasil e Cabo Verde;

– Fortalecer a implantação do curso de Graduação em Ciências Agrárias na Uni-CV;

– Promover o intercâmbio entre alunos da pós-graduação de Cabo Verde com os de instituições brasileiras;

– Promover o desenvolvimento do modelo de Observatório Socioambiental em SAN na UFRGS;

– Promover a implantação do observatório de políticas públicas em Cabo Verde.

O projeto “Fortalecimento do Intercâmbio Brasil-Cabo Verde na Formação de Pesquisa em Ciências Sociais”, que também foi aprovado pela Capes, pretende promover o intercâmbio de professores e alunos entre Cabo Verde e Brasil, vinculados a Programas de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UNICV, do Instituto de Humanidades e Letras da Unilab (representado pela professora Jacqueline Pólvora) e do PPGCS da UNISINOS.

A partir do projeto, em um trabalho de cooperação, os professores brasileiros poderão dar continuidade a suas pesquisas e ao processo de orientação de alunos daquela Pós, assim como também os professores cabo-verdianos virão ao Brasil para utilizarem recursos como as bibliotecas para complementar suas pesquisas.

Além disso, os alunos de Cabo Verde virão ao Brasil para, sob orientação dos professores brasileiros, cumprirem créditos ou escreverem suas dissertações e teses. A dotação de fundos específicos para isso possibilitará a Cabo Verde o incremento da pesquisa de problemas sociais e sociológicos daquele país e, para o Brasil, ampliará a perspectiva comparativa sobre as realidades dos dois lados do Atlântico Sul. O projeto prevê ainda a realização de Seminários de Pesquisa nos dois países, além de publicações com o material produzido à partir das pesquisas.

Reitora da Unilab também aprova projeto de mobilidade entre a UFMG e a Universidade 11 de Novembro (Angola)

A Capes também aprovou o projeto “Diversidade Cultural e produção do conhecimento nas duas margens do Atlântico”, desenvolvido pela reitora da Unilab, Nilma Lino Gomes, quando ainda atuava na Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, e pelo professor da Universidade 11 de Novembro (UON), de Cabinda-Angola, José Manuel Sita Gomes. A proposta é desenvolver alternativas teóricas, educacionais, políticas e práticas para a melhor compreensão dos intercâmbios entre Brasil e Angola. O objetivo é fortalecer a experiência acadêmica entre a UFMG e a UON por meio da dinamização da produção do conhecimento compreendendo as diferentes realidades socioculturais no Brasil e em Angola/Cabinda e sua imbricação com as desigualdades sociais.

Segundo processo seletivo

O prazo para o encaminhamento das propostas para o segundo processo seletivo encerrará no dia 28 de dezembro de 2013. No entanto, um dos requisitos para a candidatura é que a proposta deverá estar vinculada a um ou mais programas de pós-graduação avaliados pela Capes. Neste caso, a Unilab também poderá participar como IES associada no Brasil.

O Programa

O Programa Internacional de Apoio à Pesquisa e ao Ensino por meio da Mobilidade Docente e Discente Internacional (Pró-Mobilidade Internacional) destina-se à estruturação, fortalecimento e internacionalização dos Programas de Graduação, Pesquisa e Pós-Graduação das universidades integrantes da Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP).

Relação dos projetos aprovados no primeiro processo seletivo

Mais informações: consultar a Coordenação de Pesquisa e Pós-Graduação da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (Proppge) da Unilab.

Para conhecer mais sobre o programa, acesse o LINK.

Comentários encerrados.