Professoras da Unilab publicam artigo no jornal O Povo e questionam discurso racista

img-header-identidade

As professoras da Unilab, Sueli Saraiva e Vera Rodrigues, publicaram artigo no jornal O Povo, edição desta quinta-feira (17). Intitulado “O ‘Chico da Matilde’ e os ‘Homens de Sciencia'”, o texto questiona argumentos do artigo “Chico da Matilde”, assinado pelo médico Pedro Henrique Saraiva Leão e publicado no último dia 2.

“(…) pseudoargumentos continuam a infestar os formadores de opinião, incitando o ódio, a deturpação histórica e o maniqueísmo. Em comum com o XIX, há nele a desumanização do outro, dos africanos e seus descendentes: de mercadoria e mão de obra escravizada a portadores de vírus e moléstias, o jugo racial permanece. A ciência contemporânea denuncia essas visões reducionistas e racistas, e muito já se falou e se escreveu a respeito. Então, a que propósito serviria um discurso tão deliberadamente enviesado?”, argumentam as pesquisadoras.

Em outro momento, reforçam o compromisso com a ciência voltada para mudanças sociais e questões humanitárias. “Por essas razões, nosso compromisso com a ciência que mobiliza mudanças sociais; com um país diverso em sua plenitude, ou simplesmente com a formação de médicos(as), historiadores(as), sociólogos(as), antropólogos(as), engenheiros(as) e outros bacharéis e licenciados que, antes de fazerem jus ao título de “doutor(a)”, farão jus a serem chamados e tratados como seres humanos. Esses, sim, serão homens e mulheres de ciência.”

Sueli Saraiva é coordenadora do Núcleo de Promoção da Igualdade Racial Kabengele Munanga, da Unilab, e Vera Rodrigues é coordenadora do Curso de Antropologia da Unilab e do curso Uniafro – Política de Promoção da Igualdade Racial na Escola (MEC/Unilab).

Leia o artigo na íntegra.

Comentários encerrados.