Projeto “In-úteis” exibe longa-metragem “Tão longe é aqui”, premiado no Festival FEMINA

IMG-20160613-WA0006

O Projeto “In-Úteis” exibe o longa-metragem “Tão longe é aqui”, nessa quinta-feira (16), a partir das 10h, na Sala 03 do Campus dos Malês, em São Francisco do Conde/BA. Ao final da apresentação do filme, acontecerá um debate com o tema “Coletivo de Mulheres Africanas”.

O documentário foi produzido e gravado em 2013 pela própria jornalista e documentarista Eliza Capai, durante uma viagem de sete meses à África. Dentre os lugares capturados por sua lente, incluiu-se Marrocos, Cabo Verde, Mali, Etiópia e África do Sul.

A obra “Tão longe é aqui” pré-estreou no Festival Internacional de Cinema Feminino (FEMINA) com o Prêmio Especial do Júri, com Premiere oficial no Festival do Rio, onde ganhou o prêmio de Melhor Filme da Mostra Novos Rumos.

Como consta no site da jornalista, “é uma reflexão sobre o que é ser mulher hoje a partir de uma viagem pela África” e conta a história a partir de memórias guardadas de uma longa viagem, do envio de uma carta para o futuro. Sozinha e longe de casa e às vésperas de completar 30 anos, uma brasileira parte em uma jornada pela África. Na carta para sua filha, ela conta dos encontros com mulheres que vivem em suas culturas e tempos.

BOTAO AVALIE

Comentários encerrados.