Arraiás animam Unilab

Foto: Reprodução

A temporada da alegria junina tomou conta da Unilab. No último dia 20, aconteceu o I Forró das Letras, na quadra do Campus dos Malês, São Francisco do Conde/Bahia. A festa foi organizada pela turma do 3º trimestre de Letras, junto com a professora Mírian Sumica, coordenadora do Grupo de Estudos em Literatura e Outras Linguagens (Literarte). A confraternização teve quadrilha, comidas típicas, arrasta-pé e muita alegria, com o intuito de promover mais integração entre estudantes do curso de Letras e Bacharelado em Humanidades (BHU), novos e veteranos, brasileiros e estrangeiros.

Dando continuidade, no dia 23, aconteceu o Arraiá “Lá no meu pé de serra”, no Campus das Auroras, em Redenção/CE, que reuniu servidores e colaboradores da Unilab para um almoço animado.

A atividade de interação entre técnico-administrativos, colaboradores e professores foi promovida e organizada pela delegação do Campus das Auroras, que tinha como comissão os técnicos Normânia Peixoto e João Paulo Feitosa, da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), Carina Leite, da Divisão de Obras e Projetos, Josely de Sousa, da Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan), Luciana Barroso, da Coordenação de Planejamento (Coplan), Bianca Rodrigues e Solange Teles, da Diretoria de Regulação, Indicadores Institucionais e Avaliação (Driia) e Romara Holanda, da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Proppg).

Segundo Luciana Barroso, ligada à Coplan e uma das organizadoras, “a ideia, a princípio, seria apenas a festa do Campus das Auroras e depois, conforme a solicitação dos todos que queriam participar, estendemos aos demais setores e unidades da Unilab, com participação de cerca de 200 pessoas”, explica.

As comidas típicas chamavam a atenção em cores, aromas e sabores marcantes, entre sarapatel, paçoca, arroz doce, canjiquinhas, baião-de-dois, cocadas, carne de sol, bolos juninos e pamonhas. Tudo com muita dedicação, participação e organização. Assim como disse Luciana Barroso, “é uma festa boa, bonita e organizada”.

A animação musical ficou por conta do grupo “Designiu”, com a sanfona, a zabumba e o triângulo dando o toque especial junino, animando o salão e conduzindo a interação de todos que participaram da brincadeira.

Se o objetivo da festa era interligar os setores, proporcionar uma conversa mais informal, para que todos se divertissem, a quadrilha improvisada conseguiu expressar isso. A dança animou o arraiá, juntando os seus pares em movimento e alegria.

Para Deborah Cavalcante, odontóloga do Núcleo de Assistência à Saúde do Estudante (Nuase/Coase/Propae), “este arraiá foi muito bem organizado. E contou com uma adesão significativa. Espero que no próximo ano tenha mais adesão para a quadrilha ser mais bonita”, pontua.

BOTAO AVALIE

Comentários encerrados.