Projeto de Extensão “Cinema e Sociologia nas Escolas Públicas de Acarape, Redenção e na Unilab” promove debate nesta quinta-feira (22).

Amilcar Cabral 2

Nesta quinta-feira (22), o projeto de extensão “Cinema e Sociologia na Escolas Públicas de Acarape, Redenção e na Unilab” promoverá o debate sobre o documentário “O Assassinato de Amílcar Cabral”, das 15h30 às 17 horas, no Auditório do bloco administrativo do Campus da Liberdade, Redenção/CE.

Amílcar Cabral nasceu em Bafatá, Guiné-Bissau em 1924 e morreu em Conacri em 1973. Foi o líder do Movimento de Libertação da Guiné e Cabo Verde e fundou o Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC). O humanismo e a universalidade do pensamento deste intelectual africano perduram nas suas palavras como marco até a atualidade. Este documentário aponta diversas abordagem sobre o assassinato do líder revolucionário que conduziu o processo de Independência em Guiné-Bissau e Cabo Verde.

Esta ação é coordenada pelo professor do Instituto de Humanidades e Letras (IHL), Sebastião André Filho, sendo vinculada à Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex) e tem como objetivo, oferecer um espaço de reflexão acerca dos problemas que envolvem o posicionamento do indivíduo no mundo em diversos contextos de atuação social, estimulando um olhar crítico. Assim, ele se enquadra no campo da educação política, oferecendo à sociedade mecanismos reflexivos de crítica social.

Slide1

BOTAO-AVALIE

Comentários encerrados.