III Semana Universitária evidenciou a expressiva produção acadêmica da Unilab

(esq. p/ dir.): Jober Sobczak; Rafaella Pessoa; Albanise Marinho; Aristeu Rosendo; Gustavo Henn

(esq. p/ dir.): Jober Sobczak; Rafaella Pessoa; Albanise Marinho; Aristeu Rosendo; Gustavo Henn

As atividades acadêmicas da Unilab, particularmente a produção científica, tiveram destaque ao longo da programação da III Semana Universitária, que ocorreu de 19 a 22 de outubro e contou com o envolvimento massivo da comunidade acadêmica. O evento teve como tema “Ética na Formação Acadêmica”.

Para se ter uma dimensão dessa participação, basta citar que foram 2.520 estudantes inscritos, o que representa grande parte da totalidade dos discentes da Unilab. Outro dado importante foi a realização de 54 ações entre mesas redondas, palestras, minicursos e oficinas, além do registro de 759 trabalhos apresentados.

Durante a cerimônia de encerramento, ocorrida na tarde do dia 22, no Campus da Liberdade, o coordenador da comissão organizadora da III Semana Universitária, Jober Sobczak, celebrou o crescimento do evento. “Em 2015 tivemos 43 eventos, 1.965 inscritos, 429 trabalhos, 2 escolas com 100 alunos e 60 premiações. Neste ano de 2016 foram 54 eventos, 2.520 inscritos, 759 trabalhos, 11 escolas com a participação de 700 alunos e 120 premiações. Um crescimento significativo na quantidade e na qualidade dos trabalhos”, destacou Sobczak.

Rafaella Pessoa, pró-reitora de Extensão, Arte e Cultura (Proex) enalteceu o trabalho conjunto. “Um evento dessa grandeza requer o esforço do trabalho de uma grande equipe. E esse trabalho começou logo que terminamos a II Semana Universitária, mas que se intensificou a partir de maio deste ano”, disse.

O evento reuniu 2.520 estudantes inscritos

O evento reuniu 2.520 estudantes inscritos

A pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Albanise Marinho, também agradeceu a participação de todos. “Quero agradecer o apoio dos institutos, das pró-reitorias e da própria Reitoria que apoiou, desde o início, este evento. E agradeço, em especial, aos monitores, que tiveram um papel fundamental na realização dessa Semana”, destacou.

A pró-reitora pontuou ainda o crescimento na qualidade dos trabalhos. “É uma alegria imensa presenciar a evolução na qualidade dos trabalhos acadêmicos apresentados pelos estudantes. Isso precisa ser registrado porque mostra que estamos crescendo, mesmo sabendo que ainda há muito para melhorar”, concluiu Marinho.

Foi o que destacou um dos avaliadores dos trabalhos apresentados, o professor da Universidade Federal do Ceará, Thales Vinícius Viana, que é consultor ad hoc do programa de seleção de bolsas de iniciação científica PIBIC/CNPQ/Unilab. “De um modo geral, os conteúdos e as apresentações surpreenderam-me positivamente em comparação com outras instituições, não só com as do Ceará. A contribuição dos trabalhos apresentados é muito significativa. Na sua grande maioria, seriam dignos de apresentação em qualquer congresso no Brasil nas referidas áreas em que se inserem”, declarou.

Já o vice-reitor, no exercício da Reitoria, Aristeu Rosendo, destacou a atenção dos estudantes para os temas locais. “Percebi em alguns dos trabalhos o cuidado com a preservação e divulgação da história do Maciço de Baturité. Isso é fundamental porque reforça a necessidade de olharmos para nós mesmos, de entender nossas raízes históricas”, pontuou.

120 estudantes receberam prêmios, certificados ou menções honrosas

120 estudantes receberam prêmios, certificados ou menções honrosas

Na cerimônia de encerramento, foi realizada a entrega de prêmios, certificados e menções honrosas a cento e vinte estudantes. Para a organização do evento, o objetivo foi de prestar o devido reconhecimento pela qualidade dos trabalhos acadêmicos apresentados durante a III Semana Universitária da Unilab.

A programação contou ainda com a apresentação artística do músico Calé Alencar,  comemorando 20 anos de carnaval com o projeto “SambaZilOas”.


Balanço

A III Semana Universitária da Unilab proporcionou, durante os quatro dias de programação, atividades nos campi Liberdade e Palmares, no Ceará, e Malês, na Bahia. Foram realizadas 7 mesas-redondas, 12 palestras, 31 minicursos e 4 oficinas. E também 759 trabalhos apresentados, divididos nos seguintes eventos: V Encontro de Iniciação Científica, com 295; II Encontro de Pós-Graduação, com 33; I Encontro do Programa Pulsar, que contou com 92; III Encontro de Iniciação à Docência, com 25; II Encontro de Práticas Docentes e Discentes, com 132 trabalhos; IV Encontro de Extensão, Arte e Cultura, com 172; e o III Encontro de Educação a Distância, com 10 trabalhos.

Durante o evento, o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) realizou edição da Campanha “Doe sangue. Salve Vidas”, em articulação feita pelo Núcleo de Assistência à Saúde do Estudante, vinculado à Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Estudantis (Nuase/Coase/Propae). Participaram 108 candidatos, resultando em 75 doações de sangue e 02 cadastros para candidatos à doação de medula óssea.

O evento também proporcionou a doação de 320 mudas de espécies nativas e frutíferas feita pelo Grupo de Pesquisa em Biologia Vegetal, coordenado pela professora Jullyana Sobczak, do Instituto de Ciências Exatas e da Natureza (Icen).


_________________

Notícias relacionadas:

Trabalhos e debates sobre Educação a Distância marcam encerramento da III Semana Universitária

Colonialismo, racismo e resistências são temas de palestras na III Semana Universitária

III Semana Universitária promove minicursos e lançamento de livros no Ceará e na Bahia

III Semana Universitária da Unilab atinge a impressionante marca de 2520 inscritos

Abertura da III Semana Universitária promove reflexão sobre a “Ética na Formação Acadêmica”

BOTAO-AVALIE

Comentários encerrados.