Colação de Grau 2016.1 foi marcada pela emoção, ineditismos e consolidação da atuação da Unilab

destaque-colcacao-auroras-1Entre os olhares cheios de emoção e orgulho presentes no público que lotou o pátio do Campus das Auroras para a cerimônia de Colação de Grau 2016.1 da Unilab, na última sexta-feira (16), estava o da dona Maria Cilene Lima, do município de Aracoiaba, interior do Ceará. A filha dela, Maria Gleiciane Rocha, formanda de Enfermagem, era uma dos 164 concludentes dos cursos superiores da Unilab, nessa que foi a graduação que reuniu o maior número de formandos da instituição até então. Foi também a primeira dos cursos de Agronomia, Enfermagem e Engenharia de Energias, além dos cursos de Administração Pública, Bacharelado em Humanidades e Ciências da Natureza e Matemática.

Para ela, a “Unilab trouxe desenvolvimento econômico para a região, cultura e novas oportunidades. A profissionalização da minha filha vai ser de muita importância para minha região. Vai poder ajudar as comunidades e proporcionar uma melhoria de vida à nossa família”, declara ela, que é mãe de mais dois filhos que estudam na Unilab.

familia-da-concludente-maria-gleiciane-rocha-tratada

Família da concludente de Enfermagem, Maria Gleiciane Rocha

O evento foi marcado pela emoção e por discursos de reconhecimento e valorização a estudantes, servidores e parceiros que contribuem para a consolidação da Unilab nas regiões do Maciço de Baturité e do Recôncavo Baiano, além de sua atuação estratégica junto à Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Aristeu Lima, reitor em exercício

“O sonho de concluir um curso de graduação não é destes que se sonha solitariamente, e sim coletivamente. A Unilab se orgulha de ser parte desta história, por meio da interiorização do ensino superior no Brasil”, pontuou em seu discurso o reitor em exercício, Aristeu Lima. “Somos uma universidade jovem, com cursos de graduação muito bons e que já pode ser considerada muito boa. Temos, entre os concludentes, estudantes que já estão aceitos entre programas de mestrado nesta e em outras instituições”, completou. Ele destacou ainda a graduação de mulheres no curso de Engenharia de Energias, que está numa área de conhecimento geralmente procurada por homens.

Outro marco da cerimônia foi a graduação dos primeiros cidadãos timorenses no Brasil, Paulina Soares de Jesus e Justino Ximenes, nos cursos de Administração Pública e Ciências da Natureza e Matemática, habilitação em Química, respectivamente. Compareceu ao ato o Adido da Educação de Timor-Leste no Brasil, Abrão dos Santos.

Estudante Justino Ximenes, acompanhado do Adido da Educação de Timor-Leste no Brasil, Abrão dos Santos

Para Justino Ximenes, a importância de ter estudado na Unilab foi a concretização de uma cooperação entre o Brasil e o Timor-Leste, por meio da articulação com a Universidade Nacional do Timor-Leste (UNTL), com vista ao desenvolvimento de seu país. Ele é o filho mais novo e o primeiro de sua família a ter acesso a graduação. “Este marco é de muito orgulho! Tenho a pretensão de ficar para continuar mestrado, contudo preciso voltar para o meu país e para minha família”, relatou.

Maria Joelma da Silva, oradora do curso de Administração Pública

Foram oradores das turmas: Maria Joelma da Silva, do curso de Administração Pública; José Wilson Nascimento, do curso de Agronomia; Gislailson Cá, do curso de Bacharelado em Humanidades; Nayara Costa, do curso de Ciências da Natureza e Matemática; Cindy Ênia Pimenta, do curso de Enfermagem; e Lidiana Rossi, do curso de Engenharia de Energias. O juramento foi realizado pelo concludente do curso de Engenharia de Energias, Alysson Christian Dias Cunha, que representou os demais cursos superiores, e foi acompanhado pelos seus colegas.

Mesa de honra da Colação de Grau 2016.1

Compuseram a mesa de honra o reitor em exercício, Aristeu Lima; a pró-reitora de graduação, Andrea Linard; a coordenadora do curso de Administração Pública, modalidade presencial, Fátima Portela; o coordenador do curso de Agronomia, Lucas Luz; o coordenador do curso de Bacharelado em Humanidades (BHU), Leandro Lopes; a coordenadora do curso de Ciências da Natureza e Matemática, Mylene Miranda; o coordenador do curso de Enfermagem, Thiago Araújo; e o coordenador do curso de Engenharia de Energias, Alisson Guimarães.

Estiveram presentes à cerimônia gestores da Unilab, da Universidade Federal do Ceará (UFC) e autoridades locais, além de servidores docentes e técnico-administrativos, familiares e amigos dos concludentes.

Leitura da mensagem do reitor pro tempore Tomaz Santos pela pró-reitora Andrea Linard

A pró-reitora de graduação, Andrea Linard, fez leitura de uma mensagem de congratulação enviada pelo reitor pro tempore da Unilab, Tomaz Aroldo Santos, que encerrou sua atuação na Universidade e aguarda a formalização do processo. No texto, ele destacou que essa formatura representa “uma grande conquista institucional da Unilab, da sociedade brasileira, especialmente do Maciço de Baturité e do Recôncavo da Bahia, além do aprofundamento de nossas relações de cooperação com os demais países da CPLP – símbolo de fraternidade e retribuição à contribuição histórica dos povos africanos para a riqueza do nosso País, nos planos econômico, cultural e social”.

Os concludentes também receberam mensagem enviada pelo secretário da Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura, Paulo Speller, ex-reitor da Unilab.

.Cursos de graduação com conceitos de excelência 

Os cursos que formaram as primeiras turmas na última sexta-feira (16) – Agronomia, Enfermagem e Engenharia de Energias – estão entre as melhores avaliações do Ministério da Educação. Confira abaixo as notícias relacionadas:

Curso de Enfermagem da Unilab recebe conceito máximo em recente avaliação do MEC

Curso de Agronomia obteve conceito “Muito bom” em avaliação recente do Ministério da Educação

Curso de Engenharia de Energias da Unilab é reconhecido com nota máxima pelo MEC

BOTAO-AVALIE

Comentários encerrados.