Café com Letras debate “Violência e (im)polidez linguística nas redes sociais”

Na próxima terça-feira (7), o projeto de extensão Café com Letras apresenta a palestra “Violência e (im)polidez linguística nas redes sociais”, com a professora Georgia Feitosa. Será às 16 horas, no auditório do bloco administrativo da Unilab, no Campus da Liberdade, em Redenção/CE.

“A interação social nem sempre caminha harmonicamente, especialmente em uma era cuja tecnologia da comunicação nos permite acreditar que podemos falar tudo, sem sermos punidos; por isso, é o tempo dos haters, dos anônimos que usam da violência verbal para se fazer conhecidos na internet”, contextualiza a professora. Acrescenta ainda que a palestra se baseará nas perspectivas de Goffman (1967), Brown e Levinson (1987), Leech (1983; 2005) e Culpeper (2003).

Sobre a palestrante

Georgia Feitosa tem doutorado em Linguística, pela UFC. Foto: acervo pessoal.

Georgia Feitosa é doutora em Linguística pela Universidade Federal do Ceará (UFC), onde também obteve o título de mestre em Linguística no ano de 2008. No ano de 2005, obteve o título de bacharel em Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. Atualmente, é professora dos cursos de Arquitetura, Design de Moda, Jornalismo e Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Estácio do Ceará (FIC), em Fortaleza. Suas atividades de pesquisa concentram-se nas seguintes áreas: análise da conversação, sociolinguística, gêneros digitais, comunicação, semiótica, pragmática, educação à distância e (im)polidez linguística (sua maior área de interesse).

Sobre o projeto

O Projeto de Extensão Café com Letras: saberes docentes e práticas acadêmicas, em sua quinta edição (2016-2017), está sendo organizado pela professora Claudia Calado (coordenadora) e pela professora Leidiane Tavares. A proposta é congregar professores e estudantes em palestras sobre diversos temas de Linguística e Literatura e também de áreas relacionadas.

Comentários encerrados.