Unilab exibe e debate filme na comunidade do Ilhote, em São Francisco do Conde

Foi realizada, no dia 17 de fevereiro (uma sexta-feira), no Centro Comunitário do Ilhote, localizado no distrito de Santo Estevão, em São Francisco do Conde/BA, a sessão do filme “Atabaque Nzinga”.

A atividade fez parte da disciplina do Trimestre de Integração (TIAC), intitulada “Mostra de Cinema Brasil-África: histórias cruzadas”, em parceria com o projeto CineDebate Malês.

Estiveram presentes a docente Cristina Trinidad, responsável pela disciplina, e o Técnico em Assuntos Educacionais, Felipe Santos, que coordena o projeto.

A exibição, seguida de debate, contou com a participação de crianças, jovens e adultos moradores do distrito, além de estudantes da Unilab.

Durante a atividade houve espaço para trocas de informações entre os estudantes da Unilab e a comunidade de Ilhote, além de diálogos sobre a sessão que explorou elementos relacionados a busca de identidade e valorização da cultura afro-brasileira. A exibição também fez parte da oitava edição do Movimenta e contou com o apoio da Secretaria de Direitos Humanos, Cidadania e Juventude de São Francisco do Conde/BA.

Sobre o filme

Com direção de Octávio Bezerra, “Atabaque Nzinga” é parte documentário musical sobre a cultura afro-brasileira e parte ficção que conta a história de Ana, uma jovem negra que busca um caminho novo para si como um modo de se libertar da amargura construída com as próprias tristezas e as tristezas de todos os africanos que vieram ser escravos no Brasil, passando pelo Rio de Janeiro, Pernambuco e Bahia, onde são apresentados diversos ritmos e grupos musicais e coreográficos.

Comentários encerrados.