Ciec/Unilab realiza nova reunião ordinária (15/04/2020)

Na quarta-feira, dia 15 de abril, o Ciec/Unilab se reuniu para mais uma reunião ordinária. As discussões iniciaram, como de costume, pela avaliação do contexto atual, onde se destacou o crescimento do número de casos na região e no Brasil, inclusive com casos confirmados entre servidores da Unilab. Os indicadores mostram que o Ceará permanece entre os estados mais afetados, de modo que as medias de segurança continuam sendo necessárias, bem como a adoção de novas estratégias de enfrentamento à pandemia.

Dentre os pontos mais amplamente discutidos, temos a oferta de apoio aos estudantes da instituição que se encontram em situação vulnerável. A Propae anunciou a extensão dos serviços de Escuta para a Saúde Mental, oferecido aos discentes no Ceará (contato pelo e-mail coase@unilab.edu.br) e na Bahia (através do e-mail satepsi.ba@unilab.edu.br). Também foi feita uma análise visando a realocação de recursos dos serviços suspensos para os auxílios, e as questões que envolvem o auxílio fornecido pela Unilab e pelo Governo Federal, que pelas regras anunciadas não podem ser concomitantes. A Propae ficou incumbida da elaborar os critérios e fornecer as informações sobre a ampliação da oferta de auxílios. Veja aqui a nota da Propae.

Em outro ponto da pauta, informou-se a participação da Unilab na chamada pública, inicialmente proposta pelo Fórum Nacional de Pró-reitores de Planejamento e Administração (Forplad), para que a instituição possa atuar de forma mais direta no enfrentamento à pandemia, realizando testes rápidos que permitirão acompanhar a disseminação do vírus. O primeiro resultado desta chamada pública sairá na próxima segunda-feira (20/04) e terá atualizações semanalmente de fornecedores aptos para o fornecimento emergencial dos itens. Veja mais detalhes aqui.

No âmbito mais acadêmico, o Ciec debateu o aviamento da colação de grau para estudantes da área de saúde que já estejam com créditos concluídos, bem como trabalhos de conclusão de curso devidamente encaminhados, para que estes novos profissionais possam somar-se à força de trabalho que combate a Covid-19 no Ceará.

Ainda na esfera acadêmica, também entrou na pauta a suspensão do calendário de eventos da universidade, como Festival das Culturas e a Semana Universitária, visto que as atividades de preparação e planejamento não poderiam ter datas definidas. Também debateu-se as capacidades da Unilab de execução de cursos de extensão ou outras atividades acadêmicas de forma remota, sendo decidida a realização um esforço mais intenso para mapear o acesso do corpo discente aos meios de conexão à Internet, para que fosse possível um planejamento visando esse fim.

Comentários encerrados.