Projeto de Extensão discute desigualdade, pobreza e royalties em São Francisco do Conde, nesta terça (2)

O Projeto de Extensão do Observatório dos Direitos Humanos da Unilab convida toda a comunidade para participar do 3º Webinar: Formação em Direitos Humanos. O encontro será com a Profa. Jaciara Santana e terá como tema “Desigualdade, pobreza e royalties em São Francisco do Conde/BA”.

A atividade acontece nesta terça-feira (2), às 19h30, na Plataforma Google Meets.

A ideia do Projeto de Extensão, coordenado pelo Prof. Daniel De Lucca, para este encontro é discutir as desigualdades sociais no município de São Francisco do Conde, uma das mais antigas cidades do Recôncavo Baiano, e que desde 2014 acolhe a Unilab.

“A partir da segunda metade do século XX, a arrecadação de São Francisco do Conde cresceu exponencialmente com a instalação de poços e refinarias de petróleo na região. Contudo, os royalties petrolíferos não necessariamente se converteram na melhoria da qualidade de vida de sua população, que apresenta baixos índices de desenvolvimento humano”, relata o prof. Daniel De Lucca.

“Nos últimos anos esta paisagem sócio-econômica modificou. A queda internacional do preço dos hidrocarbonetos, o desmonte da Petrobras e a venda da refinaria Landulpho Alves, promoveu queda na receita do governo local, diminuindo a capacidade de investimento público, gerando desemprego e o maior empobrecimento da cidade”, afirmou o coordenador De Lucca.

Como interpretar esta realidade? Quais informações disponíveis sobre as dinâmicas societárias, econômicas e políticas em São Francisco do Conde? Como diagnosticar o presente da cidade? Quais suas perspectivas de futuro? Como a Unilab se situa neste cenário? Estas e outras questões serão debatidas com a Profa. Jaciara Santana, que tem desenvolvido pesquisas e estudos sobre as desigualdades franciscanas.

Jaciara Santana é doutora em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social e mestre na mesma área. A professora possui experiência na área de Gestão, Políticas Públicas, Educação e Tecnologias.

Comentários encerrados.