Projeto de extensão “Um tesouro chamado Nordeste” oferta minicurso de Literatura de Cordel

O projeto de extensão “Um tesouro chamado Nordeste” adaptou sua programação para enfrentar a quarentena e apresenta mais uma atividade disponível em vídeo: o minicurso “Literatura de Cordel”, ministrado pelo poeta, cordelista, repentista e estudante de Letras Guilherme Nobre e pelo também estudante de Letras Fabrício Lima.

Veja aqui o primeiro vídeo do curso. Toda semana um vídeo novo é disponibilizado. Os participantes têm 8 horas de certificação de Extensão.

Sobre o minicurso

Oferece noções introdutórias para quem quer começar a escrever seus próprios cordéis, ou até mesmo para quem quer apenas conhecer um pouco sobre essa expressão artística. Com realização pelo projeto “Um tesouro chamado Nordeste”, o minicurso conta com uma sequência de dez videoaulas, além de vídeos extras, atividades e uma prova final, que possibilita a emissão de um certificado de 8 horas para aqueles que atingirem a média necessária.

O conteúdo do curso é dividido em duas partes: a primeira trata sobre a história e características do cordel; já a segunda vai mais a fundo na estruturação e regras dos versos. O conteúdo consiste em:

• Origem do cordel e do termo que o denomina.
• As capas dos cordéis, a xilogravura e a influência do cordel em outras artes.
• O que são verso, estrofe e rima.
• O que é a métrica e como executá-la.
• Modalidades e fenômenos do cordel.

Mais informações na conta no Instagram @umtesourochamadonordeste, na página no Facebook “um tesouro chamado nordeste” ou pelo WhatsApp (85) 9.980.76757.

Comentários encerrados.