Unilab promove Colação de grau especial de novos profissionais

Colação de Grau Especial dos Cursos de Enfermagem e História Unilab

A solenidade virtual da Colação de Grau Especial do Curso de Enfermagem e do Curso de História da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) ocorreu, nesta quarta-feira (26), na Plataforma da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e transmitida pelo Youtube da Unilab Oficial.

Nesta Colação de Grau Especial 2020.1, dos cursos superiores de Bacharelado em Enfermagem e de Licenciatura em História, a Unilab disponibiliza ao mercado de trabalho regional e nacional, mais oito novos profissionais de nacionalidade brasileira, totalizando 2.790 graduados, no período de 10 anos de sua implantação, conforme dados da Coordenação de Registro e Controle Acadêmico (CRCA/Prograd).

Participaram da cerimônia virtual, a vice-reitora pro tempore da Unilab, Cláudia Carioca, a pró-reitora de Graduação (Prograd), Geranilde Costa e Silva, a vice-diretora do Instituto de Ciências da Saúde (ICS),  Erika Brito, o diretor do Instituto de Humanidades (IH), Carlos Henrique Pinheiro, a coordenadora do Curso de Bacharelado em Enfermagem, Patrícia Vasconcelos, o coordenador do Curso de Licenciatura em História, professor Sérgio Krieger, a representante da CRCA, Afra Gomes e o chefe de Gabinete, Joaquim Torres.

A concludente Suelen Alves, do curso de Bacharelado em Enfermagem, vinculado ao ICS, procedeu à leitura do juramento, seguida pelos demais formandos, repetindo o juramento com o braço direito estendido. A oratória ficou com o novo enfermeiro, Luis da Costa.

Por conta da pandemia, que impôs essa realidade de distanciamentos e acenos virtuais, transcorreu mais esta colação de grau on-line. Mais uma colação longe dos abraços dos familiares e amigos, mas com a certeza de que é preciso festejar esse momento único na vida de cada estudante. “É um momento muito singular, a formatura deste grupo, em meio a tanta dor, que estamos passando. Mas, a formatura é uma etapa de vida, um momento de alegria e de festejo”, ressaltou a vice-reitora.

A professora Cláudia Carioca deixou aos formandos uma mensagem de esperança, coragem e motivação, com o exemplo do neurocirurgião, Lucas Pires, participante da cirurgia de separação das gêmeas siamesas cearenses que, por complicações causadas pela Covid-19, faleceu no início deste mês de agosto. “Peguei essa doença fazendo o que amo, cuidando dos meus pacientes com amor e dedicação. Faria tudo outra vez’, Lucas Augusto, em sua última postagem nas redes sociais”, lembrou.

Cláudia Carioca, vice-reitora da Unilab

Desejando sucesso aos novos enfermeiros e a licenciada em História,  a pró-reitora de Graduação, Geranilde Silva, enfatizou a importância de honrar e levar o nome da Unilab para outros espaços e públicos, levando em consideração os esforços dos gestores e docentes envolvidos, desta jovem universidade, implantada no Maciço de Baturité/CE. “Que todos tenham sucesso no mundo do trabalho. Quem sabe, possam retornar à Unilab como professores. Quem sabe, nossos filhos voltando à casa como doutores para dar continuidade ao trabalho da universidade”, concluiu Geranilde.

Comentários encerrados.