Pró-Reitoria de Graduação promove I Encontro Internacional de Educação Especial

A Pró-Reitoria de Graduação da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Prograd/Unilab) está com inscrições abertas para o I Encontro Internacional de Educação Especial, que ocorre de 22 a 24 de setembro, on-line, no canal da Prograd no YouTube.

Com o objetivo de contribuir para a formação cidadã da comunidade acadêmica (docentes, estudantes e técnicos) bem como de docentes das Secretarias Municipais e Estaduais do entorno da universidade, o evento debate experiências educacionais inclusivas desenvolvidas em âmbito governamental pelo Brasil, Cabo Verde e Moçambique, oferecidas a estudantes com deficiência.

A mesa de abertura ocorre no dia 22, pela manhã, com o tema “Autismo e inclusão: desafios e possibilidades”. Participa o professor Wilson Cândido, terapeuta ocupacional, com a mediação da pró-reitora de Graduação, Geranilde Costa.

O encontro internacional abordará ainda tecnologias assistivas e da robótica educacional; práticas do governo de Moçambique em Educação Especial; Educação Inclusiva em Redenção/CE, entre outros temas afins.

Desenvolvimento Institucional

A universidade, por meio do seu Plano de Desenvolvimento Institucional (2016-2021), reafirma-se como uma instituição pública educacional que tem como objetivo ministrar ensino superior, desenvolver pesquisas nas diversas áreas de conhecimento e promover a extensão universitária, tendo como missão institucional específica “formar recursos humanos para contribuir com a integração entre o Brasil e os demais países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), especialmente os países africanos, bem como promover o desenvolvimento regional e o intercâmbio cultural, científico e educacional”, de acordo com o PDI.

Entre os princípios está o da integração que se efetiva de modo a produzir conhecimento voltado ao desenvolvimento social/cultual e econômico do Brasil bem como “dos países de expressão em língua portuguesa – especialmente os africanos, estendendo-se progressivamente a outros países desse continente – por meio da formação de cidadão com sólido conhecimento técnico, científico e cultural e compromissado com a necessidade de superação das desigualdades sociais e a preservação do meio ambiente”. (PDI, p. 19).

Segundo a Lei Brasileira de Inclusão de Pessoas com Deficiência (Brasil, 2015), em seu art. 2º, é considerada pessoa deficiência “aquela que tem impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, o qual, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas.” (Estatuto da Pessoa com Deficiência, 2015).

Frente a esse contexto, a Prograd tem por meta desenvolver ações voltadas a fortalecer o debate sobre a Lei Brasileira de Inclusão de Pessoas com Deficiência junto aos cursos de graduação (bacharelados e licenciaturas) da Unilab, de modo a contribuir com o processo formativo de docentes/discentes/técnicos da Unilab, bem como de docentes da Educação Básica de Redenção e Acarape.

Comentários encerrados.