Unilab participa de pesquisa nacional sobre impactos da Pandemia da Covid-19 nas Migrações Internacionais

Dentro do contexto da pandemia de coronavírus (Covid-19), um conjunto de pesquisadores, com participação da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, do Campus dos Malês (Unilab/BA), se articulou para entender como este contexto afetou os migrantes internacionais, desenvolvendo a pesquisa “Impactos da Pandemia de Covid-19 nas Migrações Internacionais no Brasil”.

A situação dos imigrantes internacionais e refugiados residentes no Brasil e suas condições de vida frente à pandemia de Covid-19, foi o objeto da pesquisa. Em meio a situação de distanciamento físico, o desafio metodológico da investigação foi enfrentado, através de um levantamento remoto de campo, com um questionário online aplicado entre os meses de maio e julho de 2020. Ao todo, 2.475 questionários foram respondidos por imigrantes internacionais espalhados por todas as regiões do Brasil, um grande alcance que somente possível pelas parceria entre as 15 universidades, além de instituições sociais que possuem um trabalho consolidado junto aos imigrantes.

O projeto foi coordenado por parceria interinstitucional de diferentes regiões do Brasil, tendo como coordenadores gerais Duval Magalhães Fernandes, da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), e Rosana Aparecida Baeninger, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). No Nordeste, a pesquisa foi conduzida pelas professoras Carla Craice da Silva, docente vinculada ao Instituto de Humanidades e Letras (IHL/Unilab) e Silvana Nunes de Queiroz, da Universidade Regional do Cariri (URCA). A pesquisa teve ainda o apoio de diferentes instituições de ensino superior, sociedade civil e agências das Nações Unidas.

Confira a obra com o resultado da pesquisa, também disponível no portal do Núcleo de Estudos de População “Elza Berquó” da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). 

Comentários encerrados.