Documentário de realizadores do “RebelArte Malês” integra a I Mostra Latinoamericana de Filme Etnográfico

O mini documentário “Rota do Samba” (2020, 8’37”), realizado no âmbito do projeto de extensão RebelArte Malês, do Instituto de Humanidades e Letras do Campus dos Malês da Unilab (IHL/Malês), integra a programação da I Mostra Latino-Americana de Filme Etnográfico. A exibição é organizada pela XVIII Semana de Antropologia da Universidade Federal do Rio Grande no Norte – UFRN com o tema “O fazer audiovisual na contemporaneidade”. O filme está em exibição entre os dias 05 e 09 de outubro em plataforma online

Um total de 23 filmes foram selecionados no processo de curadoria compartilhada em rede. “Rota do Samba” é exibido dentro do eixo “Arte, Cultura e Sociedade”. Acontece hoje (05), às 18h, um debate virtual com participação dos realizadores, junto aos pesquisadores Gilmar Santana e Lisabete Coradini (UFRN).  

Realizado por Carlos Marolo Guerola e Lucas Silva Moreira, o curta etnográfico “Rota do Samba” acompanha sambadores e sambadeiras no relato dos seus conhecimentos e experiências sobre a ligação entre rezas e samba, assim como sobre a história do samba chula e do conjunto de samba chula “Filhos da Pitangueira” na cidade de São Francisco do Conde, sede da Unilab na Bahia.

Sobre o “RebelArtes Malês”

O Projeto de Extensão ”RebelArte Malês” tem como objetivo contribuir para a constituição do IHL-Malês enquanto instituição de referência de extensão universitária, incentivando manifestações e coletivos de música e cultura popular cuja continuidade nas próximas gerações se encontre ameaçada e cujo fim primordial não seja a exploração comercial da sua produção. 

Coordenado pelo professor Carlos Maroto Guerola, o projeto está vinculado ao Núcleo de Estudos Africanos, Afro-Brasileiros e Indígenas – NEAABI e ao Grupo de Estudo, Extensão e Pesquisa Interdisciplinares em Linguagem e Sociedade – GEPILIS. Mais informações no portal do RebelArtes Malês.

Comentários encerrados.