Parceria entre Unilab e Universidade Católica do Salvador promovem eventos digitais em conjunto, de 16 a 18 de dezembro

No período de 16 a 18 de dezembro, dois eventos paralelos são promovidos em parceria entre equipes da Unilab e da Universidade Católica do Salvador (UCSAL): a IV Semana de África na Bahia e o V Seminário Internacional de Novos Estudos Africanos, com a temática: “O Paradigma Ancestral de uma África Global no século XXI”, via plataforma digital do Programa de Extensão “Latitudes Africanas” (Facebook e Youtube).

Inscreva-se agora mesmo pelo Formulário Eletrônico!

A atenção especial fica pelos horários diferenciados de cada país envolvido (Brasil, Senegal e Moçambique).

Os eventos têm a organização dos parceiros: Grupo de Pesquisa África-Brasil: Produção de conhecimentos, sociedade civil, desenvolvimento e cidadania global (Unilab/CNpq), Programa de Extensão Latitudes Africanas (Unilab/CNpq) e o Grupo de pesquisa Antropologia, Fronteiras, Espaços e Cidadania (GP AFEC – UCSAL/CNpq), todos fomentados pela parceira de suas instituições (Unilab e Universidade Católica do Salvador – UCSAL), e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTIC).

Conforme a coordenação do evento, os inscritos receberão os certificados de participação pelo site: Certificados UCSAL. Sendo necessário responder ao formulário de presença no decurso da realização das Mesas.

Outras informações pelo email: (latitudesafricanas@gmail.com).

Sobre o Latitudes Africanas

Programa que integra as atividades extensão do “Grupo de Pesquisa África-Brasil: Produção de conhecimento, sociedade civil e desenvolvimento e cidadania global” (Grupo de Pesquisa África-Brasil) da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira, vinculada ao Instituto de Humanidades e Letras (IHL/Unilab/Malês/BA), na Bahia, e seus/suas parceiros/as de outras instituições de ensino e da sociedade civil e que contempla um conjunto de projetos, ações e atividades que objetivam a formação e a divulgação da arte, da cultura e do pensamento crítico africano e afro-diaspórico.

Comentários encerrados.