Divisão de Projetos Internacionais

O QUE É?

A Divisão de Projetos Internacionais – DPINTER é uma unidade executiva vinculada diretamente ao Gabinete da Pró-Reitoria de Relações Institucionais.

Além da prospecção de novos projetos internacionais, é responsável pela gestão documental e processual dos projetos vinculados, lançamento e acompanhamento de editais, intermediação no relacionamento com Fundações de Apoio e demais atividades administrativas.

CARTEIRA DE PROJETOS

Rede de Instituições Públicas do Ensino Superior – RIPES

O Projeto Rede de Instituições Públicas de Ensino Superior(RIPES), implementado no âmbito da cooperação desenvolvida em parceria com a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP, a Agência Brasileira de Cooperação do Ministério das Relações Exteriores (ABC/MRE), tem como parceiros Ministério da Educação e Instituições Públicas de Educação Superior dos Estados membros da Comunidade. De forma a ampliar o escopo de sua atuação, pretende-se buscar parcerias com as Universidades públicas nacionais para garantia de sustentabilidade da Rede. Os beneficiários diretos dos resultados e atividades do projeto são estudantes, docentes, coordenadores de cursos, gestores e técnicos-administrativos (TAs) das Instituições Públicas de Ensino Superior – IPES (Universidades, Institutos de Ensino Superior Públicos, Centros de Pesquisas) e profissionais recém-formados da UNILAB e IES brasileiras.

Na Fase II do projeto RIPES, as ações do projeto visam a atender às recomendações dos Pontos Focais da referida rede, com vistas a acelerar o alcance de resultados concretos que atendam aos anseios dos Estados membros da CPLP, assim como, divulgar e promover a RIPES no Brasil, entre as Instituições de Educação Superior – IES e na própria UNILAB, com intuito de promover trocas de saberes, experiências e conhecimentos sobre processos de internacionalização entre as universidades. É neste ensejo, que uma das atividades está prevista na nova fase: a realização de seminário nacional que buscará disseminar entre gestores, técnicos, discentes e docentes o papel preponderante que tem a da internacionalização da UNILAB tendo como parâmetro os conteúdos curriculares e a sua consequente inserção no cenário acadêmico internacional, de forma que a universidade melhor atenda às necessidades formativas dos alunos brasileiros e estrangeiros.

O projeto RIPES pretende desenvolver, em caráter piloto, um sistema de mobilidade entre docentes, discentes e técnico-administrativos das universidades públicas parceiras; elaborar estudos sobre o estado da arte da educação dos PALOP e Timor – Leste; construir formas de comunicação e produção do conhecimento através da educação à distância (por meio das Tecnologias da Informação e Comunicação – TICs); elaborar uma estratégia de comunicação e difusão científica e construir conjuntamente formas de sustentabilidade da própria Rede,  tanto em âmbito nacional quanto internacional.

Coordenadora: Profª Artemisa Odila Candé Monteiro (artemisaodila@unilab.edu.br)

Portal RIPES

Relatório Final da I Reunião Técnica Internacional da RIPES 

Boletim RIPES 2019

Projeto de Fortalecimento do Ensino, Pesquisa e Extensão para a Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional – CONSAN  

O Projeto Fortalecimento do Ensino, Pesquisa e Extensão para a Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional na CPLP e na Unilab é aberto ao público interessado no tema Segurança Alimentar e visa promover a consolidação de uma rede de Segurança Alimentar e Nutricional na CPLP, além de fomentar o debate e a promoção de ações de segurança alimentar nas comunidades do entorno da Unilab, nos campi do Ceará e da Bahia. Conta com o apoio da Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura – FCPC.

  • Objetivo Geral
  1. Fortalecer a integração e o processo de cooperação no âmbito do Mecanismo de Facilitação da Participação das Universidades no Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (MU-CONSAN-CPLP), articulado às demais ações de SAN na CPLP, por meio da ativa participação da UNILAB e tomando como principal ferramenta a plataforma NutriSSAN.
  • Objetivos Específicos

  1. Estabelecer consensos e/ou compreensão de como se operam nas diferentes nacionalidades os conceitos fundamentais ao funcionamento do MU-CONSAN-CPLP em consonância com a Estratégia de Segurança Alimentar e Nutricional da CPLP (ESAN-CPLP).
  2. Caracterizar na comunidade acadêmica a prevalência de expertises e estruturas acadêmicas que possam contribuir com a discussão e concretização das diretrizes da ESAN-CPLP, com ênfase na Governança da SAN, Agroecologia, Agricultura Familiar e Nutrição.  
  3. Ampliar a participação das universidades e das comunidades acadêmicas no MU-CONSAN-CPLP, adotando como estratégia o trabalho em rede.
  4. Fortalecer as redes constituídas em prol da SAN e do DHAA na CPLP e articular, a partir delas, um grupo de interesse especial (SIG) no âmbito da plataforma NutriSSAN para tratar especificamente das tecnologias sociais no âmbito dos sistemas agroalimentares e da nutrição.
  5. Inserir a Rede de Instituições Públicas de Ensino Superior (RIPES) na ESAN-CPLP desenvolvendo estratégias de comunicação e integração de docentes, estudantes e técnicos administrativos de seus quadros em ações voltadas à Segurança Alimentar e Nutricional.
  6. Obter um mapa geral das demandas para formação, pesquisa e desenvolvimento no âmbito dos Mecanismos de Participação no CONSAN-CPLP aos quais o MU-CONSAN-CPLP poderá inserir-se e contribuir com suas expertises.
  7. Subsidiar a agenda de pesquisa e formação para os próximos 4 (quatro) anos no âmbito do MU-CONSAN-CPLP.
  8. Contribuir com o desenvolvimento da UNILAB, a partir do seu protagonismo na execução deste projeto, em consonância com sua missão institucional específica de formação de recursos humanos para contribuir com a integração entre o Brasil e os demais países membros da CPLP, bem como o intercâmbio científico, cultural e acadêmico.

Coordenadora: Profª Jaqueline Sgarbi Santos (sgarbi.jaqueline@unilab.edu.br

Fiscalização Técnica: Pedro Henrique Rodrigues (pedrohenrique@unilab.edu.br)

Portal de Segurança Alimentar da CPLP

E-mail para contato: projeto.consan@unilab.edu.br

Projeto Capoeira

O projeto Capoeira: formação técnico-profissional e cidadania atende a demanda do Ministério da Educação, Ensino Superior e Investigação Científica da Guiné-Bissau, com intuito de expressar, tanto por meio de comunicações formais, quanto por meio do Ponto Focal de Cooperação deste país, por ocasião da Reunião de Pontos Focais de Cooperação da CPLP.

O presente documento foi preparado com base no projeto apresentado a Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), por parte da entidade proponente a Escola Nacional de Educação Física e Desportos da Guiné-Bissau.

Enquanto entidade executora brasileira, a UNILAB pretende apoiar a iniciativa, dando suporte para que se possa atingir o objetivo estabelecido pelo projeto de compartilhar conhecimento técnico-metodológico e teórico sobre a arte e a prática esportiva da capoeira, assim como sobre sua utilização como recurso pedagógico, artístico e cultural.    

A Escola Nacional de Educação Física e Desportos (ENEFD), criada em 30 de novembro 1979, com o objetivo de responder as necessidades formativas da Guiné-Bissau neste setor.  Atualmente, está integrada na Escola Superior de Educação (ESE) através do decreto lei N.21/2011, e também constitui uma unidade orgânica da Universidade Amílcar Cabral (UAC) com a natureza jurídica de pessoa coletiva de direito público que goza da autonomia estatutária, pedagógica, científica, cultural, administrativa, financeira e patrimonial.

O objetivo desta proposta é subsidiar as ações da Escola Nacional de Educação Física e Desportos (ENEFD) de Guiné Bissau em seu propósito de integrar a capoeira no currículo do curso de professores de Educação Física e Desporto.

O projeto vem ao encontro dos objetivos da CPLP ao promover a cooperação entre países de língua portuguesa, com vistas a fomentar o desenvolvimento socioeconômico e o intercâmbio cultural, bem como promover a prática do desporto, a melhoria na qualidade de vida e a valorização da cultura, sem perder de vista a identidade nacional.

Por sua peculiar natureza híbrida, de prática desportiva, modalidade de luta e manifestação cultural e artística, a prática da capoeira constitui-se em um meio de convivência social em benefício da saúde física e emocional, criando oportunidades para que todos, mas em especial jovens e crianças, construam valores sólidos e estabeleçam amizades. A sociabilidade, a consciência de grupo e o senso de responsabilidade estimulados pela capoeira são exemplos de competências fundamentais para uma transição consistente da criança e do adolescente para a vida adulta.

O principal público-alvo do projeto serão 5 professores da ENEFD, os 140 graduandos, 200 estudantes das escolas públicas e 04 instrutores que terão a oportunidade de se desenvolverem dentro de uma modalidade artística, esportiva e cultural. O projeto, para além de proporcionar um aumento do nível técnico e teórico dos professores e alunos, também permite a melhoria da qualidade de vida e aumento da autoestima, das noções de higiene e saúde que modificam inclusive a apresentação pessoal e a proatividade na busca de melhorias em relação ao emprego e estudo; promoção da inclusão, por meio de ações realizadas nas escolas, espaços públicos e instituições, que resultam num aumento da percepção e do envolvimento no contexto de sua sociedade; a educação para o respeito e a valorização dos mais idosos; a melhoria da saúde dos participantes pela prática esportiva, com estimulo ao desenvolvimento de hábitos alimentares saudáveis; a ampliação de conhecimentos relativos à prevenção de doenças e primeiros socorros.

Coordenador: Linconly Jesus Pereira Alencar (linconly@unilab.edu.br)

MAIS INFORMAÇÕES

Contatos com a Divisão de Projetos Internacionais podem ser realizados através do telefone (85) 3332-6196 ou pelo e-mail projetos.proinst@unilab.edu.br.

Para informações sobre editais, clique aqui.