Projeto vai fornecer 4.190 pacotes de dados móveis para discentes da Unilab

A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) está participando do Projeto Alunos(as) Conectados(as), da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), coordenado pela Secretaria de Educação Superior (SeSU) para suporte às ações emergenciais de educação, pesquisa e assistência ao ensino, em apoio ao enfrentamento da pandemia de Covid-19.

O Projeto Alunos(as) Conectados(as) consiste na cessão de chip de telefonia celular com pacote de dados móveis de internet para estudantes em situação de vulnerabilidade social, possibilitando, assim, que desenvolvam suas atividades acadêmicas fora do campus da instituição de ensino.

Serão fornecidos 4.190 pacotes de dados móveis para discentes da Unilab. No entanto, para isso, é necessário primeiro que sejam atualizados os dados pessoais no Sigaa referentes aos seguintes campos:

  • Endereço correto com CEP de onde o estudante está residindo ATUALMENTE.
  • CPF.
  • Número de telefone celular.
  • E-mail.
  • Renda salarial atualizada.
  • Dados bancários atualizados – os dados bancários devem estar em nome do estudante. Não pode ser conta poupança.

Temos aqui um passo de como você pode atualizar essas informações no Sigaa:

Essas informações são importantíssimas e precisam ser fornecidas com atenção para a análise da situação de todos(as) estudantes. O prazo final para atualização das informações será no domingo (30/08), às 23:59.

Possibilidade de Universalização

A lista com os 4.190 estudantes contemplados será divulgada na primeira semana de setembro. O processo de entrega dos chips para os(as) estudantes será informado pelos canais oficiais da Unilab no final de setembro. A previsão inicial é que, depois de consolidada a lista com os nomes dos estudantes, pode levar cerca de 15 dias para os chips serem entregues.

Segundo o pró-reitor da Propae, James Moura, existe ainda a possibliidade de universalização deste serviço para todos os/as estudantes da Unilab. “A gestão superior está trabalhando com a possibilidade de universalização do acesso a partir do projeto Alunos(as) Conectados(as). Ou seja, depois de finalizado do cadastramento desses 4190 estudantes na RNP, haverá a análise do orçamento para inserir o restante de estudantes não contemplados(as)”, explicou Moura.

Comentários encerrados.