Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Dilma destaca papel da Unilab em visita a Moçambique

Data de publicação  20/10/2011, 18:21
Postagem Atualizada há 10 anos
Saltar para o conteúdo da postagem
Em visita oficial da presidente do Brasil, Dilma Rousseff, a Moçambique, ela destacou a importância da Unilab para a cooperação entre os dois países. O comunicado conjunto Brasil – Moçambique foi publicado na íntegra pela Rádio Moçambique, nesta quarta-feira, 19.

Foto: Roberto Stuckert Filho/Presidência

Dilma Rousseff, ao desembarcar em Maputo, com o presidente Armando Emílio Guebuza
A presidente Dilma foi recebida pelo Presidente da República de Moçambique, Armando Emílio Guebuza. Esteve acompanhada de delegação que incluía os Ministros das Relações Exteriores, Antonio Patriota; do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel; da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante; da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros e do Vice-Ministro de Minas e Energia, Marcio Zimmermann.
O encontro entre os presidentes Armando Guebuza e Dilma Rousseff em Maputo se insere no marco das tradicionais relações de amizade e fraternidade que unem os dois povos e foi pautado pelo espírito de cooperação. Os dois Chefes de Estado expressaram a sua intenção de seguir conjugando esforços para o aprofundamento das relações entre a República Federativa do Brasil e a República de Moçambique, tanto no plano bilateral quanto no multilateral.
Com respeito à cooperação técnica, os dois presidentes consideraram haver importantes realizações, considerando os resultados alcançados pelos mais de quarenta projetos bilaterais em curso em áreas como agricultura, educação, ciência e tecnologia, saúde, formação profissional e energia.
Na área da educação, a presidente Dilma Rousseff destacou a importância da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) em Redenção, no Ceará, cujas atividades foram iniciadas em maio no Campus da Liberdade. Com estudantes daquele país já matriculados, a Unilab deverá contar futuramente com mais alunos moçambicanos.
Os dois mandatários reiteraram seu compromisso com o fortalecimento da CPLP e a consecução de seus objetivos: a conciliação político-diplomática, a cooperação em todas as áreas e a promoção e difusão da língua portuguesa. Destacaram, ainda, a importância da realização do I Fórum da Sociedade Civil da CPLP, que ocorreu em Brasília, 28 a 30 de setembro de 2011, como um marco para o aprofundamento da participação social nos trabalhos da organização.
A presidente Dilma Rousseff manifestou o engajamento do Brasil em colaborar para o êxito da Presidência moçambicana da CPLP, a iniciar-se em julho de 2012, com a realização da IX Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP, em Maputo.

Leia o comunicado na íntegra Aqui.

Categoria