Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Dois professores e quatro técnicos da Unilab tomam posse

Por
Data de publicação  15/06/2012, 17:49
Postagem Atualizada há 9 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (Unilab) ganhou reforço no quadro de pessoal na tarde desta sexta-feira (15). O reitor Paulo Speller empossou dois professores e quatro técnicos administrativos. A solenidade ocorreu no auditório do Campus da Liberdade com a presença da vice-reitora Maria Elias; das pró-reitoras de Graduação, Jacqueline Freire; de Administração, Adênia Guimarães; e da coordenadora de Gestão de Pessoas, Fabiana Almeida.

O reitor Paulo Speller empossou os servidores

Em seu discurso de boas-vindas, Paulo Speller conclamou os empossados a assumirem a responsabilidade de somar esforços na ampliação da proposta da Unilab que a de cooperação entre os povos que falam a língua portuguesa. “A Unilab é a mais jovem universidade federal brasileira. E ela se diferencia das demais por causa de seus princípios de cooperação solidária com a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. Espero que vocês venham com esse espírito de integração”, disse.

Rodolfo levou a mulher Aline e o filho Miguel

Rodolfo Pereira da Silva, técnico em assuntos educacionais, levou a esposa, Aline, e o filho, Miguel, de 9 meses, para assistirem à posse. Ele confessa estar ansioso para iniciar as atividades e se diz motivado pela proposta de fazer parte do projeto da Unilab. “A universalização do ensino, o intercâmbio entre diferentes culturas e a escolha de se instalar nessa região do Maciço do Baturité são pontos muitos interessantes desse projeto”, elogia.

 

A assistente em administração, Karine Carliane Moreira, também foi acompanhada para a posse. A mãe, Maria Celina, fez questão de acompanhar a filha. “Eu tenho muito orgulho dela. Espero que ela goste do trabalho”, disse. Karine diz que o cargo na Unilab é seu primeiro emprego “de verdade”. “Antes, eu não tinha vínculo empregatício. Vou começar aqui”, alegra-se. Antes do início do trabalho, ela já faz planos. “Quero ajudar a construir essa universidade e também crescer profissionalmente aqui”, diz.

Os seis servidores que tomaram posse

Cícero Saraiva Sobrino, que também tomou posse nesta sexta-feira, já tem uma história com a Unilab. Há cerca de um ano, ele ingressou como professor visitante do Curso de Engenharia de Energias. Agora, efetivado, ele destaca o entusiasmo de poder continuar a ajudar o crescimento da universidade. “Já enfrentamos muitos desafios e dificuldades, mas continuarei lutando, juntamente com os colegas, para fortalecer a Unilab”.

Em discurso representando os colegas, Cícero agradeceu o apoio dos familiares na conquista do sonho de um emprego público. “Esse é um momento de agradecer às nossas famílias, às pessoas que sempre nos ajudaram”, enfatizou. Também tomaram posse Deoclécio de Freitas Oliveira e Lia Militão Marreiro, como assistentes em administração; e Rita Karolinny Chaves de Lima, como professora na Área de Tecnologia e Desenvolvimento Sustentável.

Categoria