Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

ECOSS fecha parcerias com arquivos históricos portugueses

Por
Data de publicação  21/09/2012, 16:42
Postagem Atualizada há 9 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

O ECOSS, Grupo de Pesquisa em Educação e Cooperação Sul-Sul da Unilab, que entre outras pesquisas desenvolve o Centro de Referência em Educação de Jovens e Adultos e Educação e Cooperação Sul-Sul, articulou parcerias com arquivos históricos portugueses, entre os quais o Arquivo Nacional da Torre do Tombo e o Arquivo Histórico Ultramarino. As parcerias vão possibilitar o desenvolvimento de pesquisas históricas, compartilhamento de documentos e repositório no Portal do ECOSS, que será lançado em novembro em Cabo Verde.

A articulação que resultou nas parcerias foi uma ação integrada entre a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) e a Pró-reitoria de Relações Institucionais (Proinst) da Unilab. Na última terça-feira (18), a pró-reitora de Graduação e também coordenadora do ECOSS, Jacqueline Freire, e a pró-reitora de Relações Institucionais (Proinst), Selma Pantoja, estiveram na Torre do Tombo, em Lisboa, e se reuniram com o Diretor-Geral do Arquivo Nacional, Silvestre Lacerda.

Durante o encontro na Torre do Tombo, foi elaborado um Memorando de Entendimento que oficializa a parceria da Unilab e o Arquivo e será assinado pelo reitor da Unilab, Paulo Speller. O arquivo da Torre do Tombo tem em seu acervo um diversificado patrimônio arquivístico, incluindo documentos originais desde o séc. IX até aos dias de hoje, nos mais variados tipos de suporte.

A pesquisa histórica sobre educação de jovens e adultos, um dos objetos de estudo do ECOSS, motivou a Coordenação da ECOSS a também articular parceria com o Arquivo Histórico Ultramarino (AHU), atualmente vinculado ao Instituto de Investigação Científica Tropical (IICT). A professora Jacqueline Freire se reuniu com Ana Cannas, diretora do AHU; e com Victor Luis Gaspar Rodrigues, diretor do Centro de História.

O acervo documental do Arquivo Histórico Ultramarino (AHU) constitui a memória de cinco séculos de Portugal no Mundo. Nele, podem ser encontrados toda a espécie de documentos relacionados com a administração colonial de Portugal nos seus variados aspectos. O arquivo está organizado em três fundos principais: o Conselho Ultramarino (séc. XVI a 1833), a Secretaria de Estado da Marinha e Ultramar (séc. XVI – 1910) e o Ministério do Ultramar (1911-1975).

A professora Jacqueline Freire explica que durante a reunião no AHU, a Unilab recebeu a doação de publicações que vão servir no contexto de um diálogo fecundo de parcerias. “Esse diálogo resultará em investigação pelo ECOSS no Arquivo Histórico Ultramarino, bem como na ministração de cursos por investigadores desses importantes centros históricos na Unilab, o que possibilitará o acesso de pesquisadores de diferentes áreas e grupos de pesquisa da Unilab aos benefícios da parceria”, explica.

Categorias