Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Divulgado Resultado Final da seleção do projeto ‘Clube de Inclusão Escolar’

Data de publicação  16/05/2022, 12:04
Postagem Atualizada há 6 meses
Saltar para o conteúdo da postagem

Nesta segunda-feira (30), foi divulgado o resultado final do seletivo de bolsistas para atuar no projeto de extensão “Clube de Inclusão Escolar”.

Confira o resultado na página de Editais da Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex) – 2022.

Em junho deste ano, inicia-se o projeto de extensão “Clube de Inclusão Escolar – Formação de Docentes de Escolas Indígenas e Quilombolas da Educação Básica do Maciço do Baturité com vistas à Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva”, com atividades na modalidade híbrida – aulas presenciais, assíncronas e síncronas. O objetivo da iniciativa, que vai até março de 2023, é contribuir para o processo interiorização da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), no âmbito do Maciço do Baturité (CE) e, ainda, o fortalecimento do Estatuto da Pessoa com Deficiência (2015), a Lei Brasileira da Inclusão (Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015) e as  Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica (Resolução nº 2, de 11 de setembro de 2001).

Seleção de bolsistas

O projeto está ofertando 3 vagas para bolsistas, além da formação de cadastro de reserva. O período de inscrição será entre 24/05/2022 e 25/05/2022, exclusivamente pela internet,  pelo e-mail: clubedainclusaoescolar@unilab.edu.br.  Candidatas/os devem preencher ficha de inscrição e anexar documentação, conforme edital.

A bolsa será no valor de R$ 450 e o período de vigência de até 10 (dez) meses – junho/2022 a março/2023 -, podendo ser prorrogadas, havendo orçamento disponível.  A carga horária a ser cumprida pelo discente durante a vigência da bolsa é de 12 horas semanais, nos turnos da manhã ou da tarde, de acordo com a conveniência da coordenadoria do  projeto.

São condições de habilitação do/a bolsista:
a) Ser estudante das Licenciaturas – campus Ceará – conforme distribuições das vagas – conforme Anexo III do edital;
b) Possuir Índice de Desempenho do Estudante (IDE) – igual ou superior a 7 (sete);
c) Apresentar disponibilidade de 12 horas semanais para o cumprimento das atividades do projeto, sem prejuízo das demais atividades acadêmicas;
d) Possuir habilidades para uso das ferramentas digitais (Youtube, Meet, Google Classroom,edição de redes sociais, dentre outros).
e) Ter cursado carga horária do curso entre 20% e 30% – segundo o Projeto Pedagógico doCurso (PPC)

O resultado final da seleção será divulgado no dia 30 de maio.

> Todas as informações sobre o processo de seleção de bolsistas para integrar o Clube de Inclusão Escolar encontra-se no conforme edital 01/2022 – Seleção de bolsista para o projeto de extensão

Para esclarecer dúvidas e obter mais informações, o e-mail de contato é clubedainclusaoescolar@unilab.edu.br e o Instagram do Clube é @clubedainclusaoescolar.

Projeto e público-alvo

O público-alvo do projeto é formado por docentes da Escola Indígena Manoel Francisco dos Santos em Aratuba – Ce;  da Escola de Ensino Fundamental Osório Julião, localizada na área de remanescente quilombola Serra do Evaristo, em Baturité – Ce; de escolas públicas de Aratuba; e do Atendimento Educacional Especializado (AEE), da Secretaria Municipal de Educação de Aratuba. Outro grupo público-alvo do Clube de Inclusão Escolar são mães, pais e/ou responsáveis por estudantes da educação básica de Aratuba  que possuem Necessidades Educativas Especiais (NEE). O projeto, coordenado pela docente Geranilde Costa e Silva e que tem na coordenação técnico-pedagógica o servidor da Unilab Samuel Oliveira, é uma realização da Unilab, em parceria com a Coordenadoria Regional de Educação (CREDE) 8 – Maciço do Baturité e Secretaria Municipal de Educação de Baturité. E tem o financiamento da CONAFER – Confederação Nacional dos Agricultores Familiares e Empreendedores Familiares Rurais do Brasil.

O projeto tem como objetivos específicos atender às necessidades dos/as docentes, da educação básica de escolas indígenas e quilombolas do Maciço do Baturité por formação continuada, na área da educação especial, na perspectiva da educação inclusiva, com foco no processo de ensino-aprendizagem. Visa, ainda, atuar como espaço de estudo/reflexão de todos/as envolvidos/as acerca da legislação em âmbito internacional, nacional e do Ceará acerca da educação especial, na perspectiva da educação inclusiva, com vistas à construção de estratégias didático-pedagógicas escolar. E também contribuir para a melhoria da capacidade técnica de ensino dos/as docentes e dos/as demais profissionais da educação para com o processo de ensino-aprendizagem, na área da educação especial, na perspectiva da educação inclusiva. O projeto propõe ainda capacitar docentes, da educação básica de escolas indígenas e quilombolas do Maciço do Baturité, quanto ao Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), e contribuir para com o processo de formação/reflexão de pais, mães e/ou responsáveis por estudantes diagnosticadas com Necessidades Educativas Especiais (NEE)  e  Transtorno do Espectro do Autismo (TEA).

 

 

Categorias
Palavras-chave

CONTEÚDO RELACIONADO