Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Mesas redondas, debates e atividades culturais compõem a programação do evento de comemoração dos 49 anos de independência de Guiné-Bissau, na Unilab, nos dias 10 e 11/10

O evento acontece no campus das Auroras (CE) e é uma realização da Associação de Estudantes Guineenses da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (AEGU-CE), com apoio da Proex e Prointer

Data de publicação  05/10/2022, 15:30
Postagem Atualizada há 2 meses
Saltar para o conteúdo da postagem

A comemoração dos 49 anos de independência de Guiné-Bissau acontece nos dias 10 a 11 de outubro, no campus das Auroras (CE) da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab). Este ano traz o lema “Guiné-Bissau perante os desafios de desenvolvimento e consolidação do Estado de direito democrático”. O evento é uma realização da Associação de Estudantes Guineenses da Unilab/Ceará (AEGU-Ceará), com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex) e da Pró-Reitoria de Relações Institucionais e Internacionais (Prointer). A programação – que terá transmissão pela página do Facebook da AEGU– conta com mesas redondas, debates e atividades culturais.

Programação

A programação terá início, no dia 10 de outubro, com apresentação cultural e mesa de abertura, a partir das 9h, com a participação da vice-reitora Cláudia Carioca, a pró-reitora de Relações Institucionais e Internacionais Artemisa Candé Monteiro; o pró-reitor de Extensão, Arte e Cultura Segone Cossa; o embaixador da Guiné-Bissau no Brasil Mbala Alfredo Fernandes; o presidente da AEGU-CE Jorge Fernando Lodna; representantes das Associações dos Estudantes Africanos na Unilab/CE, da AEGU; além da coordenadora da comissão organizadora Campuni Tignate Baré.

Ainda no primeiro dia do evento, às 10h, acontece a mesa de debate sobre “Estado da democracia perante os problemas que assolam o país”. No período da tarde, às 14h, ocorre a segunda mesa de debate, desta vez, com o tema “O papel das forças armadas no processo político da democracia em Guiné-Bissau”. No dia 11 de outubro, a programação segue com roda de conversa, que traz ao centro do diálogo o tema “A participação feminina face aos desafios de reconstrução da nação e da consolidação do Estado de direito democrático”. O encerramento do evento conta com atividades culturais.

Confira a programação completa do evento:

Categorias
Palavras-chave

CONTEÚDO RELACIONADO