Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Estudantes da Unilab participam de Oficina de Teatro do Oprimido

Data de publicação  14/07/2011, 00:00
Postagem Atualizada há 10 anos
Saltar para o conteúdo da postagem
Desde o início desta semana, os estudantes da Unilab estão tendo a oportunidade de participar da Oficina de Teatro do Oprimido, oferecida pela Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão (PROPPGE). Os encontros começaram na terça-feira passada, 12, e prosseguem hoje, 14, continuando nos dias 19 e 21 de julho, das 18h30 às 20h30, no pátio do Campus da Liberdade em Redenção (CE).
Ministrada pelo professor, produtor cultural e colaborador da PROPPGE, Fernando Leão, a oficina tem como principal objetivo apresentar o conceito e a práxis do Teatro do Oprimido. Isto, através da análise de alguns textos de Augusto Boal – criador do Teatro do Oprimido -, de vivências corporais, projeções e de apresentações de vídeos.
Ferramenta eficaz de discussão democrática de problemas levantados pelo indivíduo e pelo coletivo, o Teatro do Oprimido trabalha com três eixos básicos: a Comunicação; a Discussão da realidade social e experimentação de conceitos e sentimentos; e a Possibilidade do reconhecimento e da consideração pelo outro enquanto outro.
Segundo Fernando Leão, a ideia é partir do pressuposto de que todos podem fazer teatro, utilizando-o como uma ferramenta privilegiada para discutir as opressões existentes, tanto na realidade do Brasil como na dos países africanos.
Ao final da oficina, no dia 21 de julho, os alunos apresentarão uma cena de 10 minutos utilizando os conceitos do Teatro Forum. “Quando o conflito é apresentado no palco, os atores pedem que a plateia mostre soluções para o conflito enfocado. É um jogo teatral, onde o público pode tomar o lugar do ator e daí surgem as mais diversas soluções para o problema mostrado na cena”, explica Fernando Leão.
Categoria