Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Unilab inaugura Biblioteca e Laboratório de Informática

Data de publicação  30/07/2011, 00:00
Postagem Atualizada há 10 anos
Saltar para o conteúdo da postagem
A Unilab comemorou ontem, dia 29, um ano de criação, com a inauguração da Biblioteca Universitária e do Laboratório de Informática. A solenidade começou às 11h, no Auditório da Universidade, com a presença do reitor Paulo Speller e da vice-reitora Maria Elias Soares, além de professores, estudantes e funcionários. Na oportunidade, a secretária de Educação de Redenção, Ana Paula Fonseca, apresentou e doou o livro do município de Redenção à Biblioteca. Recém-publicado, o volume resgata a história de Redenção, contendo um apanhado de informações históricas e geográficas da cidade.
Vice-reitora Maria Elias; a coordenadora da Biblioteca, Fátima Portela; reitor Paulo Speller, o bibliotecário Jefferson Leite e a arquivista Adelmária Ione dos Santos.
Na mesa da solenidade estavam ainda a professora Fátima Portela, coordenadora da Biblioteca; o coordenador de Tecnologia da Informação, Ladslav Trupl; o professor Rodrigo Aleixo, representante do corpo docente; o representante dos estudantes no Conselho Universitário, Fábio Almeida; e José Veríssimo, representando os servidores.
Após as falas dos integrantes da mesa, Paulo Speller reforçou a necessidade de a Unilab ser uma universidade diferente, ousada e inovadora, não podendo reproduzir modelos já existentes. Ele aproveitou para lembrar que a Unilab existe por iniciativa do ex-presidente Lula que, em julho de 2008, durante uma reunião de chefes de estado de países de língua portuguesa, em Lisboa, lançou a ideia de uma universidade de integração internacional da lusofonia afro-brasileira.
Ressaltando que foram três anos de muito trabalho, Paulo Speller também fez questão de agradecer o apoio fundamental da Universidade Federal do Ceará (UFC), que esteve participando do processo de criação da Unilab desde o início, e do então secretário da SESu/MEC, Ronaldo Mota.  Para o reitor, o dia reveste-se de grande importância porque une as duas pontas do conhecimento. “De um lado a biblioteca e do outro o laboratório de informática”, finalizou.
Em seguida, o grupo Verso de Boca, formado por estudantes da UFC através de um projeto de extensão da universidade, apresentou-se com poesias de Camões, Fernando Pessoa, Gonçalves Dias, Drummond e Vinícius de Moraes, entre outros.
Paulo Speller confere o Laboratório de Informática ao lado de estudantes da Unilab

Dando sequência à programação, os presentes dirigiram-se ao laboratório de Informática onde Paulo Speller fez o corte simbólico da fita, inaugurando oficialmente o espaço. Em seguida, alunos, professores e funcionários conferiram as novas instalações e seus equipamentos.

Logo depois, todos se encaminharam à Biblioteca, onde o reitor também fez o corte simbólico da fita, desta vez, ao lado da vice-reitora Maria Elias, da coordenadora da Biblioteca, Fátima Portela; do bibliotecário Jefferson Leite e da arquivista Adelmária Ione dos Santos. Na ocasião, também aconteceu o lançamento do livro “Sítio Ecológico – Um Guia para salvar a Terra”, do acreano Moisés Matias, que falou um pouco de sua obra.

Categoria