Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Unilab é parceira da Embrapa no Projeto Rio Pardo de Minas

Data de publicação  11/10/2011, 21:13
Postagem Atualizada há 10 anos
Saltar para o conteúdo da postagem
A Unilab, por intermédio do professor do curso de Agronomia, Rodrigo Azevedo, é uma das parceiras da segunda fase do Projeto Rio Pardo de Minas, coordenado pela Embrapa Cerrados, unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa. Iniciado em 2007 e finalizado (primeira fase) no final de 2010, o projeto é desenvolvido dentro do Macroprograma da Embrapa que trata do apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar e à sustentabilidade do meio rural.
Inicialmente, as pesquisas trataram da avaliação participativa da aptidão agroecológica e extrativista das terras dos agricultores familiares visando à construção de sistemas de produção em bases ecológicas. Os estudos foram realizados nas localidades de Água Boa 2 e Vereda Funda, ambas localizadas no município de Rio Pardo de Minas, no norte do estado de Minas Gerais.
A fase seguinte das atividades foi garantida com a aprovação, em 2011, da segunda etapa do projeto, cujos trabalhos já foram iniciados. O foco neste momento será desenvolver ações voltadas ao manejo sustentável de sistemas agrícolas e extrativistas, visando à segurança alimentar, geração de renda e fortalecimento do protagonismo dos agricultores familiares do Território do Alto Rio Pardo. As comunidades que participarão diretamente continuarão sendo Vereda Funda e Água Boa 2, que já apresentam um acúmulo de práticas e saberes.
Nesta fase, além da continuidade das ações de pesquisa, serão realizadas atividades de irradiação das experiências exitosas para outras comunidades. E é neste momento que o professor Rodrigo Azevedo passa a colaborar diretamente com o programa, após convite feito pelo coordenador do projeto Rio Pardo de Minas, João Roberto Correia.
“Este é um belíssimo trabalho feito pela Embrapa Cerrados. Conheço o João Roberto há bastante tempo e ele me convidou para ajudar na análise dos dados coletados na primeira fase do projeto. Todos esses resultados são consequência de um longo trabalho feito naquela região do norte de Minas e que vai agora se desdobrando e aprofundando”, explicou o professor Rodrigo (foto acima).
Com linha temática voltada para a construção de novos conhecimentos adequados ao desenvolvimento rural sustentável de grupos sociais, integrando a cultura local e a informação científica disponível, a partir das demandas e características locais. O público alvo é formado pelas comunidades do Território Alto Rio Pardo com foco: Comunidade Vereda Funda, Comunidade Água Boa 2, Comunidade Monte Alegre/Baixa Grande e Comunidade Moreira.
Além da Unilab, a Embrapa Cerrados tem como parceiros a Embrapa Rec. Genét. e Biotec, Embrapa Algodão, ICA/UFMG, Centro de Agricultura Alternativa – Norte de Minas, Sindicato dos Trab. Rurais de Rio Pardo de Minas, Cooperativa de Extrativistas da comunidade Água Boa 2 e Emater – Rio Pardo de Minas.

Com informações da Embrapa

Categoria