Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

I Semana do Livro: encontro de arte e literatura lusófona

Data de publicação  02/12/2011, 13:55
Postagem Atualizada há 9 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

A escritora Ana Miranda fez a palestra de abertura da I Semana Nacional do Livro e da Biblioteca da Unilab, nesta quarta-feira (30), às 18 horas, no anfiteatro do Campus da Liberdade, em Redenção. Apresentou como tema para o debate, as diferentes fases da literatura afro-lusa. Ainda na abertura, houve o lançamento do livro Muzungu Pululu, do escritor Manuel Casqueiro, e do vídeo-documentário Rosal da Liberdade, da jornalista Marilena Lima.

Professores de escolas de Redenção e secretária Ana Paula

No início da programação, a coordenadora da Biblioteca Universitária da Unilab, Fátima Portela, destacou a importância da I Semana para a Universidade e, principalmente, para os estudantes. Depois de declamar uma poesia, a coordenadora ressaltou que a iniciativa é uma forma de homenagear todos os autores que formam a biblioteca da Unilab, que atualmente oferece um acervo de 6.000 títulos.

Ana Miranda é saudada por Paulo Speller antes da palestra

A solenidade contou com as presenças do reitor Paulo Speller, das pró-reitoras Jacqueline Freire, de Graduação, e Stela Meneghel, de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão, de coordenadores, professores da Unilab, do consultor Marco Antonio Rodrigues Dias, além das secretárias Ana Paula Braga e Lisiê Freire, da Educação e da Cultura de Redenção, respectivamente, diretores, professores e estudantes de escolas municipais que prestigiaram a abertura da Semana do Livro.

Professora Stela Meneghel apresenta o escritor Manuel Casqueiro

Para introduzir o tema, Ana Miranda fez referência ao trabalho da professora Maria Aparecida Santilli, que foi professora titular de Literatura Portuguesa da Universidade de São Paulo, falecida em 2010. A professora foi introdutora dos estudos universitários das Literaturas Africanas de Língua Portuguesa no país, após a independência das nações africanas em que o português é língua oficial. A escritora ressaltou que a literatura afro-lusa passou a se inserir na literatura universal e mencionou importantes poetas africanos como José Craveirinha e Agostinho Neto.

O segundo momento da noite foi dedicado ao lançamento do livro Muzungu Pululu, do escritor guineense Manuel Casqueiro. Ele revelou sua trajetória como homem branco, na época em que Guiné-Bissau era colônia portuguesa. Filho de pai português e mãe espanhola, Casqueiro falou sua formação numa época de conflito e preconceito. Lembrou a passagem de Che Guevarra no Congo e os contatos que teve com soldados cubanos. Sobre Muzungu Pululu, o autor disse que o livro narra histórias reais e acontecimentos vividos no período colonial e pós-independência de Guiné. “Hoje houve aqui uma troca de histórias de língua portuguesa. E estou muito feliz por este encontro com Ana Miranda, um encontro de escritores lusófonos”, afirmou Casqueiro.

Fernando Leão e Marilena Lima, diretora do documentário

Em seguida, houve o lançamento do vídeo-documentário Rosal da Liberdade, da jornalista Marilena Lima. Ela foi apresentada pelo coordenador de Ações Culturais da Unilab, Fernando Leão, que ressaltou a premiação do documentário no VII Edital Ceará de Cinema e Vídeo. A jornalista disse que com o documentário pretende levar às pessoas, a verdadeira realidade da escravização. Revelou que a inspiração para o documentário, após visita ao Museu da Senzala, em Redenção, localizado em frente ao Campus da Liberdade, da Unilab.

Manuel Casqueiro, Paulo Speller e Marilena Lima após o debate

No encerramento da programação, o reitor Paulo Speller agradeceu as presenças da escritora cearense Ana Miranda, do escritor Manuel Casqueiro e da jornalista Marilena Lima, e, particularmente, das secretárias, das diretoras e professores, além de estudantes de escola de Redenção. A participação dos alunos da Unilab também mereceu os agradecimentos do Reitor. Durante o coquetel, houve sorteio de títulos das Edições Demócrito Rocha entre os participantes. A estudante Angerline, do curso de Ciências da Natureza e Matemática, foi uma das sorteadas com livros e brindes.

Estudante Angerline foi sorteada e ganhou livros e brindes

Com colaboração de:
Anderson Mariano Massena, da Enfermagem (apontamentos de texto)
José Wilson Nascimento de Souza, da Agronomia (registros fotográficos)

 

Categoria