Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Começa reforma dos galpões em Acarape

Data de publicação  06/06/2012, 15:42
Postagem Atualizada há 9 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

Área interna do galpão em Acarape

A antiga fábrica de equipamentos de costura vai se tornar mais um espaço de integração e aprendizagem da Unilab. Os dois galpões em Acarape, localizados a cerca de 4 km do Campus da Liberdade, começam, aos poucos, a ser planejados e substituídos por áreas que serão ocupadas por estudantes e professores da Unilab.

O primeiro espaço a ser reformado é o galpão mais extenso, com aproximadamente 1.700 m², em que será transformado em 12 salas de aula climatizadas, banheiros, uma biblioteca, um gabinete para professores e um refeitório.

A reforma foi iniciada no dia 28 de maio, com a demolição de caixas d’água e banheiros, escavação para o abastecimento de água e recuperação da estrutura metálica. “Esse local estava abandonado há mais de dez anos, então, é preciso tratar a coberta, tirar a ferrugem, recuperar o piso e o teto, além de pintar e fazer uma nova fachada”, explica o coordenador de Infraestrutura da Unilab, Plínio Maciel.

Paula Sombra, arquiteta da Unilab

A arquiteta da Universidade, Paula Sombra, destaca o cuidado em construir um ambiente agradável para os frequentadores. “O projeto tentou considerar todas as demandas solicitadas, oferecendo conforto para estudantes e professores. Nós pensamos também em um local com conforto ambiental e visualmente agradável, por exemplo, com a inclusão de jardins”, ressalta.

Coordenador de Infraestrutura da Unilab, Plínio Maciel

De acordo com Plínio Maciel, a expectativa é que as necessidades sejam atendidas e o prazo seja cumprido no tempo previsto. “Queremos entregar uma obra de padrão  de excelência tão bom ou, ainda melhor, do que o Campus da Liberdade. Esta ação é o início da empreitada das grandes obras da Unilab”, comenta.

Também foi iniciada a construção da Unidade Acadêmica do Campus das Auroras. Segundo Plínio, por enquanto, os engenheiros estão fazendo os estudos topográficos e demarcando a área de intervenção para a chegada do maquinário pesado. Ele acrescenta também o acompanhamento das obras do Campus da Unilab em São Francisco do Conde, na Bahia.

Daniel Montenegro, engenheiro civil da empresa de consultoria

Além da construtora, a obra é acompanhada diariamente por uma empresa de consultoria que realiza a fiscalização e a medição dos serviços para a prestação de contas. Daniel Montenegro, engenheiro civil e um dos fiscais da reforma, diz que “no momento, está sendo fechado os serviços de alvenaria e a recuperação da coberta. A próxima etapa é fazer as divisórias de gesso das salas e instalar a parte elétrica e sanitária. Após isso, é a pintura da coberta, do piso e da estrutura”.

Reunião sobre o andamento da obra

São cerca de 25 pessoas que estão trabalhando nessa obra, sendo 19 operários, além de engenheiros, arquitetos e técnicos e edificações, com a supervisão da equipe de Infraestrutura da Unilab. O contrato prevê a entrega da obra em 90 dias.

Categoria