Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Projeto OBEM realiza 1º Encontro de Pesquisa na Unilab

Data de publicação  06/08/2012, 10:56
Postagem Atualizada há 9 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

Reitor da Unilab, Paulo Speller, saudou pesquisadores

A Unilab recebe nos dias 06 e 07 o 1º Encontro de Pesquisa do Observatório da Educação no Maciço de Baturité (OBEM). Neste encontro, estão presentes estudiosos de três grupos de pesquisa: “Política Educação, Gestão e Aprendizagem” da Universidade Estadual do Ceará, “Educação, Sociedade e Desenvolvimento Regional” da Unilab, e “Equidade e políticas de melhoria da qualidade educacional: os casos do Acre e Ceará” do Centro de Estudos e Pesquisa em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC). A abertura da reunião contou com a presença do reitor da Unilab, Paulo Speller.

Reunião acontece nos dias 06 e 07, em Redenção e Fortaleza

No período da tarde desta segunda-feira (06), os participantes vão visitar as escolas de Redenção. O encontro continua amanhã (07), em Fortaleza, onde serão apresentadas as primeiras análises realizadas pelo projeto OBEM, além de discutir as interfaces entre as pesquisas das universidades e do CENPEC.

Sofia Lercher

De acordo com a coordenadora do projeto OBEM, Sofia Lercher, as primeiras análises da pesquisa são positivas. “Percebemos o compromisso dos professores e de gestores das secretarias municipais para a melhoria da educação local e o bom clima de trabalho, porém, nem sempre, o aprimoramento depende de uma ação direta destas pessoas, já que o município é bastante carente, principalmente em relação à infraestrutura”, afirma a professora recém-contratada pelo Programa Professor Visitante Nacional Sênior (PVNS) para atuar na Unilab.

Antonio Batista, representante da CENPEC

Também participam deste encontro os representantes da pesquisa feita pelo CENPEC que estuda a situação da educação nos estados do Acre e Ceará. Segundo a análise, nos últimos anos, estes dois casos obtiveram destaque em relação aos índices de suas respectivas regiões, Norte e Nordeste. “O Ceará e o Acre evoluíram, muito e rapidamente, os indicadores de qualidade educacional. Eles partiram de um ponto de vista muito baixo e em contextos adversos. O Ceará está bem acima da média do Nordeste. Com isso, queremos saber se essa revolução tem significado em algum avanço para a diminuição das desigualdades sociais locais”, explica o coordenador de desenvolvimento da pesquisa, Antônio Batista.

Projeto OBEM

O projeto OBEM pesquisa a situação da política educacional e da gestão escolar em cada município do Maciço de Baturité e, a partir desta aproximação, analisar, propor e desenvolver estratégias de intervenção para a região como um todo e para cada município em particular. Fazem parte do estudo os municípios de Acapare, Aracoiaba, Aratuba, Barreira, Baturité, Capistrano, Guaramiranga, Itapiuna, Mulungu, Ocara, Pacoti, Palmácia, Redenção, Guaiuba e Caridade.

Desde o início deste ano, O Projeto OBEM já realizou atividades como: elaboração de instrumentais; coleta de dados quantitativos; entrevistas com gestores municipais de educação, diretores e coordenadores escolares; primeiras aproximações aos dados e elaboração de vídeo e artigos. As próximas etapas são estudo e elaboração do material de intervenção nos municípios.

Categorias