Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Unilab promove encontro com familiares e estudantes do PLI

Data de publicação  16/08/2012, 13:09
Postagem Atualizada há 9 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

Reunião aconteceu nesta quinta-feira, no auditório da Unilab

Não teve como disfarçar o choro e a emoção durante a reunião de familiares dos sete estudantes selecionados pelo Programa de Licenciaturas Internacionais (PLI) com a coordenação da Unilab. O encontro, que aconteceu na manhã desta quinta-feira (16), contou com a presença de pais e amigos que vieram saber mais sobre o programa e receber as principais orientações de como será a estadia dos filhos durante os dois anos que irão passar estudando na Universidade de Coimbra, em Portugal.

Vice-reitora da Unilab falou aos estudantes e familiares

Para acolher os familiares e estudantes, estiveram presentes na reunião a vice-reitora Maria Elias, a pró-reitora de Graduação, Jacqueline Freire, o coordenador do programa na Unilab, Lourenço Ocuni Ca, além de professores, técnicos-administrativos e monitores que irão acompanhar os estudantes a distância. A equipe da Unilab destacou a importância da disciplina e da organização dos estudos. “Aproveitem a estrutura da Universidade e a cidade de Coimbra e façam contatos para uma possível pós-graduação. Vai ser uma grande oportunidade para enriquecer o currículo de vocês. Com certeza, vão ser abertas muitas portas”, disse a vice-reitora Maria Elias.

Pró-reitora de Gradução, Jacqueline Freire

A pró-reitora de Graduação, Jacqueline Freire, falou sobre a disposição da equipe da Unilab em apoiar os estudantes e familiares. “Vamos dar todo o suporte, acompanhando, mesmo que de longe, os alunos em Portugal. Além disso, estamos abertos para receber, sempre que precisarem, os pais na Unilab. Esse é momento de grande alegria para todos nós”, enfatizou.

A estudante Sara Sousa e a mãe, Regina Cláudia de Sousa Gomes

Até o momento, só se fala em saudade, ansiedade, alegria e sucesso. Essa mistura de sentimentos é compartilhada pelos pais, pelos amigos e pelos próprios estudantes. “De um lado, eu estou muito orgulhosa porque nunca imaginei que minha filha teria uma oportunidade como essa. Já era um sonho ela entrar na universidade, imagine ganhar o mundo. Mas, por outro lado, eu estou muito triste por causa da saudade da minha caçula”, revelou Regina Cláudia de Sousa Gomes, auxiliar de serviços gerais, no município de Pacoti, e mãe de uma das estudantes contempladas, Sara Sousa.

Taís ao lado do pai Aldir Oliveira

O pai de Tais de Sousa Oliveira, Aldir Oliveira, está satisfeito com a nova experiência da filha. “É um privilégio para ela. Eu nunca tive essa oportunidade e, hoje, ela está tendo. A gente tem que incentivar os filhos a estudarem. Espero que ela traga muitas coisas boas para repassar para os seus colegas que ficaram”, falou o agricultor que mora em Barreira. Taís, que é a única companhia do pai em casa, assegurou: “é um sonho. Vou sentir muitas saudades. Vai ser um baque porque somos muito apegados, mas é preciso correr riscos”.

O estudante Lucas Costa e a mãe, Lúcia de Fátima Costa

Quem também está muito emocionada com a viagem do filho, Lucas Costa da Silva, é a mãe Lúcia de Fátima Costa, agricultora no distrito de Barra Nova, em Redenção. “No começo, eu estava muito preocupada porque eu sou pai e mãe de sete filhos, mas agora, depois dessa reunião, eu estou mais tranquila porque vi que ele está nas mãos de pessoas muito responsáveis. Foi bom que também conheci as companhias dele lá”, afirmou.

Recém-chegado de Coimbra, Santino Loruan, tirou dúvidas dos estudantes e familiares

A aula inaugural na Universidade de Coimbra está marcada para o dia 24 de setembro com a presença do reitor da Unilab, Paulo Speller, e de representantes da Unilab. Até lá, os estudantes estão se preparando com aulas de reforço das disciplinas e organização dos documentos exibidos. Como parte dessa prévia, durante a reunião desta quinta (15), o estudante da Universidade Federal do Ceará (UFC), Santino Loruan, selecionado pelo PLI, que morou em Coimbra entre setembro de 2010 e julho de 2012, contou a experiência de ter participado do intercâmbio. “A viagem foi magnifica. Abriu muitas portas para mim. Eu retornei a Fortaleza e já fui contratado no estágio. Quando terminar os estudos, quero seguir logo o meu mestrado”, disse. Sobre as dificuldades, ele comentou: “O lugar é diferente, então pode ser difícil o clima, as pessoas, a forma de falar, mas em um mês já é possível estar adaptado. A cidade é projetada para receber universitários”.

 

Categoria