Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Professores da Unilab têm projetos aprovados no Programa de Bolsas de Produtividade em Pesquisa e Estímulo à Interiorização

Por
Data de publicação  11/09/2012, 17:26
Postagem Atualizada há 9 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

Quatro professores da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) tiveram projetos de pesquisa aprovados no Edital 05/2012 do Programa de Bolsas de Produtividade em Pesquisa e Estímulo à Interiorização (BPI), da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap). Foram aprovados os projetos dos professores Albanise Marinho, Andréa Gomes Linard, Áurio Lúcio Leocádio e Rita Karolinny Chaves.

A pesquisa terá duração de dois anos e cada professor terá direito a dois bolsistas. O BPI tem o objetivo de promover a atração e fixação de pesquisadores doutores produtivos para atuação em instituições de ensino superior e pesquisa localizadas no interior do Ceará. O Edital recebeu 183 propostas, oriundas de dez entidades. Desse total, foram aprovadas 63 propostas e produzida uma lista com 25 classificáveis. A professora Rafaella Pessoa Moreira, também da Unilab, ficou com seu projeto entre os classificáveis.

Coordenadora do curso de Agronomia, Albanise Barbosa

Professora Andréa Linard

O trabalho aprovado pela professora e coordenadora da Área de Saúde Coletiva, Andréa Linard, tem o título de “Saúde da Mulher na Atenção Primária: Compreensão da Integralidade do Atendimento”. Ela explica que a proposta é pesquisar o atendimento da mulher em postos de saúde de Redenção. “Vamos pesquisar se o atendimento respeita todos os direitos da mulher de acesso à saúde primária, se todos os serviços são ofertados ou se há problemas e quais são”, explica. Para ela, a BPI repercute positivamente para a Universidade e para a região em que está inserido o trabalho. “O município ganha com a possibilidade de produção de conhecimento que será aplicado no serviço público. Não será uma pesquisa que ficará encastelada na universidade, ela vai repercutir concretamente no sistema de saúde local”, diz.

professor Áurio Lúcio

O professor Áurio Lúcio Leocádio teve aprovado o projeto “Relações entre as práticas de consumo social das famílias beneficiadas e as perspectivas de emancipação (saída) do Programa Bolsa-família na Região do Maciço do Baturité”. Ele explica que a proposta do trabalho é tentar mapear como o consumo proporcionado pelo Bolsa Família afeta a mobilidade social dos beneficiados e como eles se veem saindo do programa. “Esse trabalho vai servir de base para uma política de emancipação do Governo Federal. Hoje, não se tem muito claro quando essa família deve sair do programa sob o ponto de vista delas mesmas”, diz.

Professora Rita Karolinny Chaves

Rita Karolinny Chaves, professora da Área de Tecnologia e Desenvolvimento Sustentável, teve aprovado o projeto “Avaliação do Uso de Perovskitas na NSCR-NOx com CO em Veículos Diesel: Caracterização e Simulação Numérica via Redes Neurais Artificiais (RNA´s)”. O estudo deve analisar o uso dos óxidos mistos com estrutura perovskita para substituírem os catalisadores contendo vanádio dos veículos a diesel causados de grande poluição atmosférica.

 

 

Categoria