Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

I Festa da Liberdade será realizada em Redenção de 22 a 24 de novembro

Por
Data de publicação  02/10/2012, 17:02
Postagem Atualizada há 9 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

A cidade de Redenção vai promover nos dias 22, 23 e 24 de novembro a I Festa da Liberdade. O evento, realizado na semana da Consciência Negra, marca o pioneirismo de Redenção na libertação dos escravos, que ocorreu em 1º de janeiro de 1883, cinco anos antes da Lei Áurea, sancionada em 13 de maio de 1888. Durante os três dias do evento, serão realizadas ações culturais que vão movimentar os setores cultural, turístico e econômico do município e a Região do Maciço do Baturité.

As atrações da I Festa da Liberdade serão promovidas em diversos pontos de Redenção, como a Praça da Matriz e o Campus da Unilab. Durante a programação, serão realizados a Feira Gastronômica e a Feira de Artesanato; oficinas de gastronomia, percussão e penteados africanos; seminário sobre temas relacionados à festa; apresentações de cantor nacional, de bandas locais e de grupos de cultura popular e de tradição afro-brasileira; mostra de documentários; e a Exposição “África Aqui” do artista local Cantídio. A programação do evento será aberta e totalmente gratuita.

As atividades culturais da Festa da Liberdade foram resultado do projeto “Aqui se Faz, Aqui se Ganha”, proposta de desenvolvimento local sustentável pensado à luz da economia criativa e ancorado no potencial cultural de Redenção. O projeto, realizado entre 2010 a 2012 no Campus da Liberdade da Unilab, teve a iniciativa da Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (AGUA), em parceria com a Unilab, a Prefeitura de Redenção, o Sebrae e a Associação dos Municípios do Maciço de Baturité (AMAB), e o patrocínio do Banco do Nordeste.

Coordenadora de Extensão e Ações Comunitárias, Sâmia Maluf

As atividades planejadas para a Festa da Liberdade traduzem as necessidades e as demandas locais pela valorização do patrimônio cultural e histórico; pelo estímulo da geração de renda vislumbrando a inclusão social e econômica e pela oferta de produtos e serviços de qualidade no município. A coordenadora de Extensão e Ações Comunitárias da Unilab, Sâmia Maluf, explica que, a convite do Governo do Estado, o projeto da Festa foi apresentado, em duas reuniões, em agosto e setembro, ao coordenador especial de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial (CEPPIR) do Gabinete do Governador do Estado do Ceará, Ivaldo Ananias Machado da Paixão. Os encontros resultaram no apoio da Secretaria de Cultura do Estado ao evento e a sua inclusão no calendário cultural oficial do Ceará.

A I Festa da Liberdade será realizada pela Sociedade Cearense de Jornalismo Científico e Cultural em conjunto com a comunidade local representada pelo Núcleo Gestor composto por representantes de vários segmentos sociais de Redenção e eleito pelos participantes do projeto “Aqui se Faz, Aqui se Ganha”. Além da Unilab, representada pela coordenadora de Extensão e Ações Comunitárias, Sâmia Maluf, integram o Núcleo Gestor representantes da Secretaria de Cultura e Turismo de Redenção; da Secretaria de Educação; da Associação dos Artesãos de Redenção; do Grupo Cultural de Dança Folclórica; da Associação Arraiá Junino Pé de Serra; da Associação Artística Cultural e Educacional de Redenção; e dos comerciantes. A empresa Via de Comunicação será a organizadora do evento.

Categoria