Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Servidores aproveitam manhã de atividades esportivas

Data de publicação  31/10/2012, 12:08
Postagem Atualizada há 9 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

Servidores participaram de competição de ping pong e pebolim

Uma semana de atividades lúdicas e esportivas exclusivas para servidores. Esse é o propósito das comemorações ao Dia do Servidor, realizada por meio de uma ação integrada entre diversos setores da Unilab. Na manhã desta quarta-feira (31), aconteceu o I Torneio dos Servidores e Colaboradores com jogos de pebolim e ping pong. A programação continua até amanhã (01), a partir das 09h, no Anfiteatro, com a escolha do Rei e da Rainha, show de talentos e entrega das premiações.

Enfermeira da Divisão de Saúde, Fabiane Lima

Segundo Fabiane Lima, enfermeira da Divisão de Saúde, o objetivo dessas atividades é promover a integração entre os servidores. “O torneio foi pensado a partir da própria vivência que eles já tinham com o esporte no horário do intervalo. É um momento de descontração e relaxamento, além de promover saúde”, explicou.

Anderson Castro

Anderson Castro, assistente administrativo da Coordenação de Ensino da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), era um dos mais animados durante a competição de ping pong. “É uma forma de desopilar por conta do trabalho. É bom porque tem a interação de todos e sai um pouco da rotina de trabalho”, afirmou.

Tiago Lemos

O funcionário terceirizado do setor de transportes, Tiago Lemos, foi campeão de ping pong na época de escola e participou da competição durante o torneio. Sobre a manhã de atividades, ele comentou: “é bacana porque descontrai e tira o estresse do dia, além de ser o reconhecimento do trabalho através do esporte”.

Professor Bruno Okoudowa

O professor da Área de Humanidades e Letras, Bruno Okoudowa, chegou até final na competição do pebolim. Ele fez dupla com a técnica-administrativa, Sidma Ferreira de Souza. “Foi um momento lúdico de socialização dos diferentes servidores para tirar o estresse do dia e promover a integração. Com a minha dupla, fizemos uma cooperação sul-sul”, brincou o professor que é de Gabão, país localizado no continente africano.

Weslay Mendonça

O psicólogo e gerente do Núcleo Interdisciplinar de Acompanhamento Psicopedagógico ao Estudante (NIAPE), Weslay Mendonça, participou dos jogos de pebolim e ping pong. “Eu perdi na primeira fase do ping pong, mas o que vale mesmo é a diversão. É fundamental garantir um momento de descontração em ambiente institucionalizado”, disse.

Roberta Nobre

Roberta Nobre, assistente administrativa da Coordenação de Assuntos Estudantis (CAE), participou pela primeira vez de uma competição de pebolim. Em tom de brincadeira, ela comentou o que esperava do torneio: “só quero me divertir, mas é muito importante para  que as pessoas participem e se conheçam melhor”.

Campeões

Marcos Nagaki

Quem se consagrou campeão do ping pong foi o analista de sistema, Marcos Nagaki. “Um evento como esse é muito importante para poder unir os servidores de uma universidade tão nova como é a Unilab”.

Deoclécio Oliveira e Eduardo Wolff

Deoclécio Oliveira e Eduardo Wolff foram os campeões do pebolim. O gerente da Divisão de Transportes, Deoclécio Oliveira, falou sobre o sucesso da dupla. “Tiveram algumas partidas fáceis ou difíceis, mas foi um momento muito bom, principalmente porque juntou o pessoal e deu pra conhecer melhor outras pessoas”, frisou.

Ginástica Laboral

Os exerícios de ginástica laboral foram orientados por uma educadora física

Na parte da tarde, os servidores da Unilab puderam deixar por alguns minutos a rotina de trabalho para relaxar com a prática de exercícios de ginástica laboral. A educadora física Maria Tereza de Queiroz Gomes Filho passou de sala em sala para realizar os exercícios com os servidores. Segundo Maria Tereza, a prática da ginástica laboral é muito eficiente para a prevenção de lesões no trabalho. “É uma forma de sair do sedentarismo. Muitas vezes, o trabalho é repetitivo, a pessoa passa o dia todo sentada, e com os exercícios dá pra prevenir doenças como a LER (lesão por esforço repetitivo), além de melhorar a auto-estima e a disposição”, diz.

Assistente administrativa Rebeca Salcedo

A assistente administrativa Rebeca Salcedo gostou da experiência. Ela acredita que a prática regular da ginástica laboral traga benefícios para a saúde do trabalhador. “Além de ser uma oportunidade de descontrair e relaxar, os exercícios ajudam a alongar o corpo principalmente para os servidores que passam o dia na frente do computador”, observa.

Mais imagens na Página Oficial da Unilab no Facebook.

Categorias