Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Prograd realiza I Colóquio de Graduação com o tema: Formação Escolar e Formação Universitária

Data de publicação  20/09/2013, 17:56
Postagem Atualizada há 8 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

Nesta sexta-feira (20), a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) realizou o I Colóquio de Graduação com o tema “Formação escolar e formação universitária: uma interlocução necessária”. O Colóquio buscou refletir sobre as questões formativas e as relações entre a Educação Básica e Superior. Seu objetivo foi fomentar a ampliação de programas formativos de transição da Educação Básica ao Ensino Superior, tendo como público convidado professores e gestores das escolas da região do Maciço de Baturité.

O evento contou com a participação do Profº. Dr. Miguel Arroyo, professor titular emérito da Faculdade de Educação da UFMG e ex-Secretário adjunto de Educação da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, que ministrou a palestra “Juventude e ensino médio: currículo, território em disputa”. Para ele, “a escola tem uma estrutura rígida que amarra os alunos. É preciso olhar o contexto geral da realidade. A grade curricular – o próprio nome já diz que aprisiona o que está dentro e não deixa entrar o que está fora. É preciso refletir sobre o intercâmbio do conhecimento geral da sociedade”. Ainda segundo ele, o jovem não precisa só de conhecimentos de química, física e natureza, mas tem que aprender a ser, aprender o que serve para si no dia a dia. Porém, ainda segundo Arroyo, eles não são estimulados a desenvolver esse tipo de aprendizado.

Profº. Dr. Miguel Arroyo e Profª. Drª. Sofia Lerche no I Colóquio de Graduação

Profº. Dr. Miguel Arroyo e Profª. Drª. Sofia Lerche no I Colóquio de Graduação

Arroyo trabalhou na coordenação e elaboração da implantação da proposta político-pedagógica da Escola Plural em Belo Horizonte e acompanha propostas educativas em várias redes estaduais e municipais do país. Para a Profª. Sofia Lerche “foi um grande presente para os professores e gestores do Maciço do Baturité receber a presença do Profº. Miguel na Unilab”.

Professores e gestores do Maciço do Baturité fazem parte do público presente

Professores e gestores do Maciço do Baturité fazem parte do público presente

Encontro da equipe da Prograd

Reitora Nilma Gomes fez a abertura do evento, ao lado da pró-reitora de Graduação, Wilma Coelho.

Reitora Nilma Gomes fez a abertura do evento, ao lado da pró-reitora de Graduação, Wilma Coelho.

Durante a manhã, a equipe da Prograd esteve reunida com a pró-reitora de Graduação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Antônia Vitória Soares Aranha. O encontro foi aberto pela reitora da Unilab, Nilma Gomes, e pela pró-reitora de Graduação, Wilma Coelho. Na ocasião, Nilma Gomes parabenizou a iniciativa da Prograd ao dedicar tempo para discutir a atuação do setor e elaborar ações e estratégias para o bom desempenho das atividades. “Espero que seja um momento importante para a troca de experiências, o que vai enriquecer tanto o trabalho interno como externo da Prograd. Aproveito para agradecer a presença e a disponibilidade da professora Vitória em colaborar com a Unilab”, destacou Nilma.

Pró-reitora de Graduação, Wilma Coelho.

Pró-reitora de Graduação, Wilma Coelho.

Wilma Coelho, pró-reitora de Graduação da Unilab, agradeceu também a generosidade da professa Vitória ao dividir a experiência da UFMG com a equipe da Unilab, destacando o trabalho da convidada tanto na área da gestão como em pesquisas voltadas para o campo educacional. “Espero que possamos dialogar e aprender, pensando tanto na perspectiva administrativa e política como na produção de conhecimento e interação com a educação básica, por exemplo, na formação de professores”, comentou.

Pró-reitora de Graduação da UFMG participa de encontro com equipe da Prograd.

Pró-reitora de Graduação da UFMG participa de encontro com equipe da Prograd.

A professora convidada, Antônia Vitória Soares Aranha, ressaltou que “temos trocas a serem feitas. Não estou aqui para ensinar, mas para conversar sobre experiências distintas. Vocês têm um grande desafio que é construir algo novo, mas isso deve ser feito com muito cuidado, porque desconstruir é um trabalho muito difícil. Já a UFMG conta com uma estrutura bem consolidada”. Durante a apresentação, ela falou sobre a sua atuação à frente da Pró-Reitoria de Graduação da UFMG, destacando o organograma do setor, a rotina de atividades, ingresso do estudante à universidade, assim como os projetos que promovem o diálogo com a comunidade externa.

Durante a programação da manhã, foi discutido também o trabalho que a UFMG vem desenvolvendo para manter um diálogo com a comunidade escolar. De acordo com o coordenador de ensino, Américo Souza, faz parte da missão da Unilab manter uma conexão com a escola e com os estudantes que estão saindo do Ensino Médio para ingressar no Ensino Superior. “Neste encontro, queremos estabelecer um diálogo com as escolas do Maciço de Baturité para saber os seus anseios e perspectivas, por exemplo, em relação ao trabalho de formação de professores e de informação aos alunos sobre os cursos de Graduação. Isso tem como objetivo diminuir os impactos da entrada destes estudantes no Ensino Superior”, disse.

Categorias