Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Aula inaugural do curso de formação de jovens para agricultura camponesa acontece neste dia 10

Data de publicação  06/03/2014, 15:27
Postagem Atualizada há 8 anos
Saltar para o conteúdo da postagem
juventude-rural

Foto: Eduardo Aigner/Ascom-MDA

A Unilab, em parceria com a Secretaria-Geral da Presidência da República, através da Secretaria Nacional de Juventude, realiza curso de “Formação de jovens rurais para o fortalecimento da agricultura camponesa do semiárido cearense”. O curso inicia no dia 10 de março, na Casa de Retiros Imaculada Rainha do Sertão, no município de Quixadá, em seu primeiro Tempo-Escola.

A inauguração do projeto terá a presença da secretária nacional de juventude, Severine Carmem Macedo, e da magnífica reitora da Unilab, profª. Nilma Lino Gomes. Estarão presentes também os representantes dos parceiros do projeto: Universidade Federal do Ceará, Universidade Estadual do Ceará, Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Estado do Ceará, Pastoral da Juventude Rural, Instituto Terramar e autoridades e lideranças dos territórios participantes.

A ação tem o objetivo de desenvolver uma formação com qualidade, abordando os saberes científicos e populares, assim como contribuir para o fortalecimento das políticas públicas voltadas para a juventude do campo. O curso visa também a criação de um projeto piloto a ser executado pelo Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR) da universidade, através do Curso de Agronomia.

Os jovens contemplados são agricultores com idade entre 15 a 29 anos que vivem em 35 assentamentos nos territórios de Crateús/CE e Canindé/CE. O projeto será executado em dois blocos, com cinco turmas de 30 jovens, contemplando 300 participantes. Em oito semanas serão 320 horas, sendo 160 horas de Tempo-Escola e 160 horas de Tempo-Comunidade.

Os participantes irão realizar, inicialmente, um diagnóstico junto à comunidade para aprofundar o conhecimento da própria realidade. A partir disso será construía uma agenda de prioridades em um modelo de autogestão, com espaços consultivo, deliberativo e executivo. Concomitantemente, será desenvolvida uma pesquisa cientifica: “Jovens rurais do semiárido cearense: quem somos? Necessidades, aspirações e expectativas”, envolvendo os professores do Curso de Agronomia da Unilab, assim como 11 bolsistas. A pesquisa será coordenada pelo diretor do IDR, professor Rodrigo Azevedo.

Esta experiência representa um ganho significativo para o Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR), não só pela inserção de seus alunos, como bolsistas, mas de seus professores como mediadores do processo. Esse momento é uma oportunidade para que docentes e discentes possam contextualizar as discussões teóricas desenvolvidas, avançando no Projeto Político Pedagógico do Curso de Agronomia.

__________________

Matéria relacionada:

Unilab sedia curso de formação de jovens para agricultura camponesa no semiárido

Categorias