Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Unilab tem primeiro curso reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC)

Data de publicação  25/04/2014, 18:11
Postagem Atualizada há 7 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

Destaque reconhecimento agornomia

O Ministério da Educação (MEC) publicou nesta quarta-feira (23) relatório com aprovação do reconhecimento do curso de Agronomia da Unilab. A avaliação obteve conceito final 3, o que indica um suficiente perfil de qualidade.

O curso de Agronomia tem um Projeto Político do Curso (PPC) que prevê a oferta de 72 vagas anuais e uma carga horária de 4.320 horas (incluindo as horas acadêmicas das atividades complementares), sendo uma hora-aula igual a 60 minutos, com periodicidade trimestral. O tempo mínimo é de 5 anos e máximo 7,5 anos. Para a pró-reitora de graduação, profª. Andréia Linard, “o reconhecimento significa que a universidade oferece um curso de graduação que está em estreita observância aos requisitos normativos e legais preconizados pelo governo federal para a educação superior. A partir desse reconhecimento, a coordenação do curso pode emitir diploma com validade em todo o território nacional”.

Avaliadores do MEC e comitiva da Unilab

Avaliadores do MEC e comitiva da Unilab

O curso tem um corpo docente formado por 20 professores, sendo 01 visitante e 19 efetivos com dedicação exclusiva. Desse quadro, 19 são doutores e um é mestre. De acordo com o relatório de avaliação, o Núcleo Docente Estruturante (NDE), formado por 8 professores doutores, atende às exigências legais, conforme prescritas na normatização do MEC e todos seus componentes estão em regime de tempo integral. Ainda segundo o relatório, o curso apresenta-se com uma formação do egresso do Curso Superior de Bacharelado em Agronomia, em perfeita sintonia com as exigências estabelecidas pelo MEC. Para os avaliadores, uma característica peculiar da Unilab é habilitar o profissional a atuar e interagir, principalmente, com agricultura familiar campesina em virtude das características dos alunos de origem brasileira e africana.

selecionada3

Avaliadores conversando com os estudantes

selecionada 2

Avaliadores conversando com os estudantes

Para o diretor do Instituto de Desenvolvimento Rural, professor Rodrigo Aleixo, “no estágio que estamos esse resultado é extremamente significativo, uma vez que é o primeiro curso da Unilab a ser reconhecido e isso é mais um passo para a consolidação da instituição. O curso tem características peculiares que lida com a internacionalização da cooperação Sul-Sul, e uma proposta da agroecologia, que foca na redução de impactos na natureza e na sociedade. Esse é mais um passo para o nosso desenvolvimento”.

 

 

 

Categorias