Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

CHAMADA DE ARTIGOS – Políticas Culturais: Cultura, Poder e o Poder da Transformação

Data de publicação  09/09/2014, 15:37
Postagem Atualizada há 7 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

Revista Lusófona de Estudos Culturais

Data limite para a Submissão
30 de setembro de 2014

Tendo como pano de fundo as profundas transformações que atravessam as sociedades contemporâneas, a Revista Lusófona de Estudos Culturais convida à submissão de artigos que concorram para a discussão crítica e construtiva sobre as políticas culturais públicas e privadas, locais, regionais, nacionais e transnacionais, particularmente no contexto da lusofonia.

Se a política pode ser encarada como a luta e o exercício pelo e do poder, se o poder pode assumir múltiplas formas e se a cultura continua a ser um conceito vivo e dinâmico, considera-se fundamental, numa altura em que a crise generalizada tem facilmente servido como álibi para o desinvestimento – político e financeiro – neste setor fundamental para a capacitação e qualificação individual e coletiva, contribuir para uma discussão que, apesar de tudo, tem estado pouco presente na academia e na sociedade civil. O poder de transformação da cultura é inquestionável, mas aspectos como o esbater de fronteiras entre os setores cultural e criativo, como os fracos níveis de articulação consistente entre os diversos setores e níveis de decisão política, ou como a pouca exploração da língua portuguesa como fator identitário para a promoção de estratégias concertadas de internacionalização, podem contribuir para o desperdício de oportunidades, como o de promover um crescimento inteligente, inclusivo e sustentável.

Assim, o 4º número da Revista Lusófona de Estudos Culturais faz uma chamada de artigos que, numa lógica interdisciplinar e transversal, sejam contributos substantivos para a reflexão e intervenção no domínio das políticas culturais a partir do espaço Lusófono e de eixos de análise que abordem, nomeadamente, aspectos relacionados com os seguintes tópicos: Glocalização das políticas culturais; Cooperação cultural internacional; Contexto institucional e rede de atores envolvidos na definição e implementação das políticas culturais; Indicadores de impacto das políticas culturais; Patrimônio cultural (material e imaterial, herdado e construído); Recursos públicos e privados; Perfil e qualificações dos profissionais do setor cultural; Investimentos e financiamentos para o setor cultural; Cultura, criatividade, economia e indústrias criativas; Sinergias geradas no seio das redes culturais; Mediação cultural e níveis de acesso e participação culturais.

Editores da Revista Lusófona de Estudos Culturais
Moisés de Lemos Martins, Universidade do Minho
Maria Manuel Baptista, Universidade de Aveiro

Co-Editor do Vol.2, Nº 2 da Revista Lusófona de Estudos Culturais
Manuel Gama, Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho

Normas para a Submissão
http://estudosculturais.com/revistalusofona/index.php/rlec

Processo de Revisão por Pares
Os artigos serão revistos por dois pares anónimos. Os artigos serão avaliados segundo a sua contribuição original à temática tratada, o seu conhecimento e uso das fontes relevantes à temática, e a clareza na exposição dos seus argumentos. Espera-se que o processo da revisão demore não mais do que três meses. Os revisores serão recrutados a nível global, conforme as temáticas dos artigos submetidos.

Línguas
Português e Inglês

Data limite para a Submissão
30 de setembro de 2014

Data de Publicação da Revista
Dezembro de 2014

Secretariado
E-mail: secretariado.rlec@estudosculturais.com

Fonte: Revista Lusófona de Estudos Culturais

Categorias