Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Oficina sobre música e filosofia será realizada dia 12 no Campus dos Malês

Data de publicação  10/09/2014, 13:14
Postagem Atualizada há 7 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

O professor de Filosofia da Unilab, Marcos Carvalho Lopes, realizará uma oficina com o título “Canção Popular como abertura para a filosofia: pensando com a Legião Urbana e os Engenheiros do Hawaii”, no próximo dia 12. O encontro será às 14h, no Auditório do Campus dos Malês, em São Francisco do Conde.

Na oficina, os participantes irão refletir as seguintes questões: Como a Legião Urbana e os Engenheiros do Hawaii traduziram seu tempo em canção? Como a obra de Jean-Jacques Rousseau influenciou Renato Russo e Legião Urbana? Como Albert Camus e sua perspectiva do absurdo foi utilizada pelos Engenheiros do Hawaii para retratar o país? A atividade faz parte do Projeto de Extensão “Canção Popular e ensino de filosofia”.

Sobre Marcos Carvalho Lopes

Professor Marcos Carvalho Lopes.

Professor Marcos Carvalho Lopes

Marcos Carvalho Lopes é professor na Unilab, doutor em Filosofia pela UFRJ, pós-doutorando em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-RJ. Natural de Jataí, Goiás, fez graduação e mestrado em Filosofia na UFG. Participa do GT de Pragmatismo e Filosofia Norte-Americana da ANPOF e do Laboratório de Filosofia Pop da UNIRIO. É autor de Canção, estética e política: ensaios legionários (Mercado de Letras, 2012) e Máquina do Medo (PUC-GO/Kelps, 2013). Escreveu ensaios para diversas coletâneas como Samba e Filosofia (no prelo), Caetano e a Filosofia (EDUFBA/EDUNISC), Richard Rorty: filósofo da cultura (Annablume) e Pragmatismo e questões contemporâneas (Arquimedes). Recentemente, o professor concedeu uma entrevista à Revista Filosofia – Conhecimento Prático.

Categorias