Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Unilab emite nota de pesar pela morte da pesquisadora Fúlvia Rosemberg

Data de publicação  14/09/2014, 15:48
Postagem Atualizada há 7 anos
Saltar para o conteúdo da postagem
Fúlvia Rosemberg

Fúlvia Rosemberg

A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) manifesta pesar pela morte, na última sexta-feira (12), de Fúlvia Rosemberg, pesquisadora consultora da Fundação Carlos Chagas e professora titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. A Unilab reconhece toda a contribuição dada pela docente nos estudos no Brasil acerca das relações de raça, relações de gênero, relações de idade, ação afirmativa e educação infantil.

 ________

Fúlvia Rosemberg era graduada em Psicologia pela Universidade de São Paulo (1965) e tinha doutorado em Psicobiologia da Criança, pela Ecole Pratique des Hautes Etudes/Université de Paris (1969). Na PUC/SP, coordenava o Negri (Núcleo de Estudos de gênero, raça e idade). Tinha experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Social e Estudos Sociais da Infância, e era considerada referência no Brasil nos estudos sobre ações afirmativas e educação infantil.

Em dezembro de 2013, a pesquisadora esteve na Unilab como uma das conferencistas do 2º Seminário Interdisciplinar das Ciências da Linguagem (SIC), no Maciço de Baturité. Na ocasião,  ela ministrou o tema “Desigualdade de gênero e raça na educação brasileira contemporânea”.

Para mais informações, acesse o Currículo Lattes de Fúlvia Rosemberg.

.

Categorias