Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Reitoria divulga posicionamento oficial sobre desocupação das instalações da Unilab

Data de publicação  06/03/2015, 22:39
Postagem Atualizada há 7 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

Desde a tarde do dia 26 de fevereiro, alguns estudantes do curso de Bacharelado em Humanidades ocupam as instalações da Reitoria. Além disso, desde a tarde do dia 03 de março, também está ocupando o gabinete da Pró-Reitoria de Administração.

Mesmo diante de um ato extremo, a Reitoria da Unilab procurou estabelecer o diálogo com o referido grupo de estudantes. Tal postura teve o objetivo de que a desocupação ocorresse amigavelmente e as questões relacionadas à assistência estudantil pudessem continuar a ser discutidas de forma institucional e com a participação estudantil. Com esse intuito, foram realizadas duas reuniões com representantes do movimento de ocupação, além de uma audiência pública na Assembléia Legislativa do Estado do Ceará, na qual a Reitoria também se fez presente.

Na tarde de hoje, 06 de março de 2015, a Reitoria apresentou uma agenda propositiva aos representantes do movimento, em mais um esforço no sentido do diálogo. Essa agenda foi baseada, inicialmente, nos seguintes pontos:

1) Integração ao Programa de Assistência ao Estudante (PAES) de estudantes que porventura venham a ser excluídos do Programa Bolsa Permanência (PBP);

2) Integração ao PAES em caso de atraso do PBP, através de liberação imediata do RU e folha complementar;

3) Visita domiciliar para análise de perfil sócio-econômico caso a caso;

4) Transição gradativa do teto de R$ 930,00 para R$ 530,00, caso haja o aporte de recursos externos no valor de R$1.500.000,00. Esta possibilidade de aporte de recursos externos foi mencionada na audiência pública por parte dos deputados estaduais presentes.

O detalhamento e o aprimoramento destas propostas se dariam numa série de reuniões entre os estudantes e a gestão, tendo a primeira delas sido anunciada para o dia 10 de março, às 14h.

A agenda propositiva não foi aceita. Além disso, houve um ato de agressão, no qual o veículo da Vice-Reitoria, que levava parte do reitorado, foi cercado e impedido de se locomover.

Diante do exposto, a Reitoria entende que o movimento de ocupação está fechado ao diálogo e, assim, reserva para si o direito de tomar as medidas judiciais cabíveis para que a Universidade possa voltar às condições normais de funcionamento.

Redenção-CE, 06 de março de 2015

A Reitoria

Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira

Categorias