Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

“Trabalho e Controle Social no Ceará Oitocentista” é tema de mesa redonda na Unilab

Data de publicação  06/04/2015, 09:48
Postagem Atualizada há 7 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

MESA REDONDA

Na próxima sexta-feira (10), às 14h, no auditório do Campus da Liberdade, em Redenção/CE, ocorre mesa redonda com o tema “Trabalho e Controle Social no Ceará Oitocentista”. Dentre os objetivos do encontro, destaca-se a integração da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e a promoção do desenvolvimento regional, o que reforça a importância de se problematizar a formação histórica e social do Ceará e regiões tratadas como periféricas.

“É pretensão, portanto, dessa iniciativa refletir sobre as mudanças ocorridas no Ceará ao longo do século XIX, enfocando, sobretudo, as transformações nas relações de trabalho e como a sociedade lidou com essas modificações”, destaca o professor e coordenador do grupo de pesquisa “Trabalho, Cultura e Migrações no Ceará” da Unilab, Edson Holanda Lima, que acrescenta:

“Entendendo que o processo não ocorreu de forma harmônica, os debatedores trazem à discussão os modos como os poderes locais desenvolveram estratégias de controle e de disciplinamento social a fim de assegurar a formação de uma classe trabalhadora que se queria ordeira, bem como as diferentes táticas utilizadas pelos trabalhadores visando garantir a não sujeição a essas injunções.”

Desta forma, as reflexões sobre as questões da incorporação de trabalhadores livres e escravizados ao mundo do trabalho no Ceará e as migrações associadas aos períodos de seca, entre outros temas abordados, podem estimular pesquisas para contextos similares da região nordeste e dos países parceiros da CPLP.

O evento integra o calendário de atividades do Grupo de Pesquisa “Trabalho, Cultura e Migrações no Ceará” (Unilab), em parceria com o Grupo de Estudo “História dos Sertões: trabalho, cultura e sociedade”, orientado pelo professor Tyrone Cândido (FECLESC/Uece).

Debatedores:
Edson Holanda Lima é doutor em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP) e professor adjunto A da Unilab.

Tyrone Apollo Pontes é doutor em História Social pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e professor da Universidade Estadual do Ceará (Uece) desde 2007, onde coordena o Grupo de Estudo “História dos Sertões: Trabalho, Cultura e Sociedade”.

A mediação será feita pela professora Silviana Fernandes Mariz, doutora em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e professora do Instituto de Humanidades e Letras/Unilab.

Categorias