Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Estudantes santomenses da Unilab celebram o 40º aniversário da Independência da República Democrática de São Tomé e Príncipe

Data de publicação  07/07/2015, 16:55
Postagem Atualizada há 6 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

Os estudantes santomenses da Unilab promovem na próxima segunda-feira (13) uma programação de atividades em comemoração ao 40º aniversário da Independência da República Democrática de São Tomé e Príncipe.

Haverá uma mesa de conversa com a participação dos professores Maurílio Machado e Carlos Subuhana e de dois estudantes santomenses, que falarão cada um sobre a ilha que nasceram; Um exposição fotográfica com imagens de trajes, culinária e pontos turísticos de São Tomé e Príncipe; Danças típicas da região como puita, ussua, betôdo; poesias; teatro sobre violência doméstica e música ao som de Dimas Teixeira, integrante do A.SE.Front. e de Jasmin Pedroso, estudante do país.

O evento acontece no Auditório do Bloco Didático, no Campus da Liberdade, em Redenção/CE a parti das 18h.

Saiba mais 

As ilhas de São Tomé e Príncipe estiveram desabitadas até 1470, quando os navegadores portugueses João de Santarém e Pedro Escobar as descobriram.

Com condições climatéricas favoráveis, a ilha tornou-se o principal produtor africano de cana-de-açúcar, intensificando-se, paralelamente, o tráfico de escravos. A produção de açúcar acaba por ser afetada pela concorrência da produção brasileira. Mas a economia acaba por recuperar com as grandes plantações (roças) de cacau e de café.

No final da década de 1870 assinalou-se a abolição da escravatura, transformada então em trabalho contratual, embora ainda significativamente opressivo.

Os movimentos de liberdade nacional emergem na sociedade santomense. Em 1960, é criado o Comité de Libertação de São Tomé – CLSTP – que dá origem, em 1974, ao Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe – MLSTP. As influências comunistas começam a fazer sentir-se. Em 1974, a Revolução de 25 de Abril, em Portugal, põe termo ao regime de ditadura e, no ano seguinte, a 12 de Julho, São Tomé e Príncipe alcança a independência.

Fonte: http://vida1.planetavida.org

 

Categorias