Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Projeto ELOSS promove círculo epistemológico sobre “Emergência da esfera digital lusófona”

Data de publicação  09/05/2017, 16:40
Postagem Atualizada há 4 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

 

Na próxima sexta-feira (19) o Grupo de Pesquisa e Extensão Educação e Cooperação Sul-Sul (Eloss) realizará a segunda edição do projeto de extensão Círculo Epistemológico com o tema: “Brasil e a emergência da esfera digital lusófona”, de 9h às 12h, no Auditório do bloco didático do Campus da Liberdade, em Redenção/CE.

Na ocasião, a professora da Universidade James Madison (Harrisonburg, Virgínia, EUA), doutora e mestrado em Direito Internacional Aereo Espacial, Valnora Leister, apresentará o livro que está em vias de publicação: “Brazil and the Emergence of the Digital Lusosphere” (Brasil e a emergênica da Lusofonia Digitgal). A obra conta com o texto: “UNILAB and the continuous qualification: popular education, international integration and local development in digital Portuguese-speaking (lusophony) context (UNILAB e formação contínua de professores: educação popular, integração internacional e desenvolvimento local no contexto da lusofonia digital), de autoria dos professores do Instituto de Ciências Exatas e da Natureza (Icen), Elcimar Simão Martins, Elisangela André da Silva Costa, Jacqueline Cunha da Serra Freire e Sinara Mota Neves de Almeida (Icen/Eloss/Unilab).

A atividade visa colaborar com o fortalecimento da perspectiva da integração internacional em articulação com os projetos de extensão: Circuito Intercultural e Vivências em Educação de Jovens e Adultos (Civeja), coordenado pela professora Elisangela André da Silva Costa; Mediação de Conflitos: conhecer para intervir, coordenado pela professora Sinara Mota Neves de Almeida; Rede Jubra: diálogos interculturais, movimentos sociais, juventudes e universidades em movimento, coordenado pela professora Jacqueline Cunha da Serra Freire e Juventude, diáspora e educação das relações étnico-raciais em movimento (UBUDEHE), coordenado pelo professor Elcimar Simão Martins.

Durante o círculo epistemológico, serão estabelecidos diálogos com professores da Unilab e rede pública de ensino dos municípios do Maciço de Baturité, estudantes da Unilab e demais envolvidos nos projetos já mencionados, discutindo o uso das tecnologias digitais como instrumentos de inclusão social nos países lusófonos.

Categorias