Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Mesa-redonda discute Patrimônio Arqueológico próxima segunda (2)

Data de publicação  27/09/2017, 16:32
Postagem Atualizada há 4 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

“Interfaces do Patrimônio Arqueológico na Serra do Evaristo” será o tema da mesa-redonda que acontecerá na próxima segunda-feira (2), a partir das 14h, no Auditório do Bloco Administrativo do Campus da Liberdade, em Redenção/CE.

O evento é aberto ao público e visa promover a partilha e interação entre experiências locais e/ou regionais por diversos atores culturais com a presença de representantes da comunidade e de pesquisadores das áreas de Antropologia, Arqueologia e Administração Pública locais e regionais.

Os certificados de participação poderão ser solicitados aos organizadores. A mesa-redonda será promovida pelo Programa Associado de Pós-graduação stricto sensu em Antropologia (PPGA-UFC/Unilab), do Grupo de Estudos e Pesquisas Étnicas (Gepe/UFC), dos Grupos da Unilab em Pesquisa Cooperação Internacional e Tradições de Conhecimento e de Pesquisa Administração Pública e Desenvolvimento.

A mediação da atividade será promovida pela professora da UFC, Dra. Isabelle Braz, professora do Departamento de Ciências Sociais da UFC, além de líder do Grupo de Estudos e Pesquisas Étnicas (Gepe) e coordenadora do Observatório dos Direitos Indígenas.

Sobre a localidade
Serra do Evaristo, distante 9km da sede de Baturité, abriga uma comunidade quilombola que preserva um importante patrimônio cultural da região do Maciço de Baturité, rica por seus saberes e fazeres, e tem sido, objeto de pesquisas que envolvem estudos ambientais, históricos, antropológicos e arqueológicos. As escavações financiadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 2012, deram origem a um importante acervo material e fomentou a construção do Museu Comunitário da Serra do Evaristo. Além disso, os dados dessa pesquisa estão auxiliando na escrita de uma tese de doutorado no Programa de Pós-Graduação em Arqueologia da Universidade Federal de Pernambuco (PPGArq/UFPE), desenvolvida pelo arqueólogo e historiador Igor Pedroza.

 

Categorias