Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Live nesta quinta-feira (08/07) aborda o livro sobre pesquisas em ciência, tecnologia e engenharia, ao longo de 10 anos da Unilab

Data de publicação  06/07/2021, 17:44
Postagem Atualizada há 2 meses
Saltar para o conteúdo da postagem

O livro “Pesquisa e Desenvolvimento: Desafios e Oportunidades em Ciência, Tecnologia e Engenharia” é tema de mais uma live Unilab 10 anos, que acontece nesta quinta-feira (08/07), às 17h, com transmissão pelo canal da Unilab no YouTube. Lançada em 2020, a obra traz 33 artigos ao longo de mais de 500 páginas, que se apresentam como capítulos da história dos 10 anos da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab).

O livro conta algumas das contribuições da Unilab em áreas como saúde e nutrição; produção, armazenamento e distribuição de alimentos; escolas e tecnologias sociais; energia solar e biodiesel; e educação ambiental. São temáticas que são aprofundadas com o sentido comemorativo da primeira década de existência da Unilab, no campo da pesquisa em ciência, tecnologia e engenharia.

A live sobre esse projeto terá a participação dos docentes da Unilab, organizadores do livro: Geranilde Costa e Silva, do Instituto de Humanidades e atual pró-reitora de Graduação; Maria do Socorro Rufino, do Mestrado Acadêmico em Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis (MASTS/Unilab); Joaquim Filho, do Instituto de Desenvolvimento Rural; e José Cleiton dos Santos, do Programa de Pós-Graduação em Energia e Ambiente (PGEA/Unilab).

Autores
O livro “Pesquisa e Desenvolvimento: Desafios e Oportunidades em Ciência, Tecnologia e Engenharia” traz resultados de pesquisas, com a contribuição de 105 docentes e pesquisadores da educação, além de estudantes de graduação e pós-graduação.

A obra remonta o percurso da Unilab, com o surgimento dos primeiros cursos da Universidade, e a expansão de horizontes para além de Liberdade, nas Auroras do maciço de Baturité, chegando a São Francisco do Conde (BA), com o campus dos Malês.

Categorias
Palavras-chave

CONTEÚDO RELACIONADO