Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Aprovado mestrado em Estudos de Linguagens, do Campus dos Malês/BA

Data de publicação  18/10/2021, 09:22
Postagem Atualizada há 4 semanas
Saltar para o conteúdo da postagem

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), aprovou a abertura do Mestrado em Estudos de Linguagens: contextos lusófonos: Brasil – África, do Campus dos Malês, em São Francisco do Conde/BA.

O diretor do Instituto de Humanidades e Letras, Pedro Acosta Leyva, ressalta a alegria com a notícia. “Primeiro mestrado acadêmico do Campus dos Malês, o programa é fruto do trabalho de docentes das áreas de Letras e conta também com a colaboração de uma colega da Pedagogia”, disse.

O docente conta que a ideia nasceu em 2017, quando o primeiro grupo de professores que integrava o Colegiado de Letras aventou a importância da implementação do Mestrado Acadêmico na área de Letras no campus dos Malês. “Naquela época, porém, o colegiado precisava crescer para atender às demandas de um curso que se consolidava e nisso concentrou-se. No entanto, em atenção ao objetivo de expandir seu trabalho para uma possível pós-graduação, numa região do recôncavo que possui um amplo território e que não tem sido atendido por cursos de mestrado, o objetivo permaneceu entre os docentes”, lembra Leyva.

Em 2018, com a finalização da primeira turma de graduação e aprovação de formandos nas seleções de mestrados em diversas universidades brasileiras, além da chegada de um grupo novo de docentes, o projeto do mestrado em Estudos de Linguagens mostrou-se ainda mais necessário. A ideia foi então reativada e, finalmente, colocada em curso, o que resultou numa proposta aprovada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), no Diário Oficial da União do dia 12 de agosto de 2021. No relatório no qual a comissão Capes recomendou a aprovação do Programa de Mestrado, os avaliadores afirmam: “Por fim, estes consultores são de parecer favorável a que se aprove a criação do ‘Mestrado Acadêmico em Estudos de Linguagens: Contextos Lusófonos Brasil – África’, Unilab, campus Malês. É importante destacar neste relatório que a proposta do curso é inovadora quando apresenta como especificidade a formação de recursos humanos na região voltados aos estudos de africanidades e brasilidades no contexto lusófono Brasil-África”.

Pesquisas em Africanidades e Afrobrasilidades

O curso de Mestrado em Estudos de Linguagens pretende fomentar as pesquisas acerca das africanidades e afrobrasilidades no campo das linguagens, atendendo às demandas contemporâneas vinculadas à cultura, às questões sociais e identitárias, às tecnologias e linguagens e ao aperfeiçoamento educacional na região do recôncavo baiano, em sintonia e diálogo com os países africanos de língua portuguesa, através de uma formação de cunho humanístico e viés decolonial. Dessa forma, a área de concentração, denominada ‘Afrobrasilidades e Africanidades – Linguagens e Culturas’ desdobra-se em três linhas de pesquisa, sendo: 1. Estudos Linguísticos e suas Interfaces; 2. Estudos Literários e suas Interfaces e 3. Estudos das Linguagens em contextos educacionais formal e não formal.

Em breve será divulgado o edital de seleção, que ofertará 20 vagas com ingresso de turma previsto para o semestre 2021.2, segundo os critérios definidos pela resolução Consuni/Unilab nº 40.

Categorias