Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Independência de Moçambique: celebração aborda diversidade e identidade nacional

Data de publicação  20/06/2022, 16:24
Postagem Atualizada há 3 dias
Saltar para o conteúdo da postagem

De 24 a 26 de junho ocorre, na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), a celebração dos 47 anos da Independência de Moçambique, com o lema: “Moçambique do Rovuma ao Maputo, do Zumbo ao Índico: diversidade cultural como fator de identidade nacional”. O evento é promovido pela Associação dos Estudantes Moçambicanos na Unilab (AEMOZ/Unilab) e tem ainda como objetivos promover a diversidade sociocultural por meio da arte e ciência. A participação garante certificado. Haverá transmissão nas redes sociais da Proex e Aemoz, com formulário de presença on-line e presencial.

A programação envolve seminários, oficinas de gastronomia moçambicana e de línguas nacionais, noite de cinema, apresentações artísticas, entre outras atividades, que ocorrem não só na Unilab, mas também no IFCE Campus Baturité.

A República de Moçambique é um país com mais de 801 mil quilômetros quadrados no sudeste africano, tendo como capital a cidade de Maputo. Independente de Portugal desde 25 de Junho de 1975, Moçambique é um país em franco crescimento e integrante da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), da Comunidade dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (Palop), da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e da Organização das Nações Unidas (ONU), entre diversas outras organizações internacionais.

A organização do evento conta, também, com diversos docentes e com a colaboração direta da Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex) e da Pró-Reitoria de Relações Internacionais e Institucionais (Prointer).

Confira a programação completa.

Campus dos Malês

No campus dos Malês, o dia da Independência de Moçambique será celebrando com uma programação que ocorre nos dias 23 e 24 de junho. Além da mesa de abertura, integram a programação do evento diversas mesas-redondas. Os eventos terão transmissão pelo canal da Revista Njinga & Sepé: Revista internacional de Culturas, Línguas Africanas e Brasileiras, no YouTube.

Confira aqui a programação.

O evento é organizado pelos docentes Rajabo Alfredo Abdula, Ercílio Neves Brandão Langa, Alexandre António Timbane, Salomão António Massingue, Eugénio Eurico Chiulele (BHU), Manuel Armando (BHU) e Nordino Ussene (BHU), além da Revista Njinga & Sepé: Revista internacional de Culturas, Línguas Africanas e Brasileiras.

Categorias
Palavra-chave